Tools

x escolhida uem aerea

Os gestores da UEM dizem que a Universidade depende desses recursos para manutenção das atividades e buscam uma agenda com o governo para discutir os desdobramentos do Decreto

O Governo do Estado do Paraná, em 7 de janeiro último, publicou o Decreto nº 53/2019 que estabelece o contingenciamento de 20% do total dos recursos do orçamento fiscal do poder executivo, aprovado pela Lei Estadual º 19.766 de 17 de dezembro de 2018.  Esta medida atinge todos os órgãos da administração estadual. Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), estabelece a não disponibilidade de R$ 153.402.703,80, anteriormente previstos para manutenção das atividades em 2019.

Embora esta ação seja compreensível em início de uma nova gestão, se levada a cabo, pode comprometer a prestação dos serviços na área de ensino, pesquisa e extensão, atingindo inclusive o Hospital Universitário.

Para discutir os desdobramentos da aplicação do referido Decreto e para tratar das questões voltadas para a continuidade da formação de recursos humanos, produção de conhecimento e desenvolvimento regional a UEM tem buscado uma agenda com o governo e sua equipe.