Tools

5b1e9c4e1f212 capa face 01 1

O Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-brasileiros da UEM promove o evento que será realizado em julho

Estão abertas as inscrições para o V Colóquio de Feminismo Negro, que abordará este ano as diversas formas de genocídio da mulher negra, uma homenagem à Marielle Franco. O Neiab (Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-brasileiros) da UEM (Universidade Estadual de Maringá) promove o evento, que será realizado entre os dias 24 e 26 de julho, no Bloco I12, no câmpus sede.

Entre as ações do evento está a exposição As Várias Formas de Genocídio da Mulher Negra: homenagem à Marielle Franco, que ficará disponível na Biblioteca Central dos Estudantes entre os dias 23 e 30 de julho.

No dia 24, às 19 horas, a abertura oficial do evento contará com apresentação cultural do Baque Mulher de Maringá e mesa-redonda com a antropóloga Isadora de Assis Bandeira, da Universidade Federal de Santa Catarina, e a transfeminista Nicole Machado, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

A antropóloga Isadora de Assis participa, no dia 25, às 15 horas, da roda de conversa sobre Lesbiandade. No mesmo dia, às 19h30, haverá palestra com a jornalista e professora da Universidade de São Paulo, Rosane Borges.

Haverá exibição do filme Cara Gente Branca, no dia 26, às 14 horas, no auditório do bloco H-35. A partir das 19h30, a palestra de encerramento será com a cientista social e colunista do portal Justificando, Juliana Borges, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

As inscrições estarão abertas até o a véspera do evento, que é gratuito para participantes sem certificação. Para receber o certificado de 20 horas, é necessário fazer inscrição no valor de R$ 30,00.

O Neiab é composto por estudantes e professores da graduação e pós-graduação, pertences ao Departamento de Ciências Sociais (DCS), e tem como objetivo a ampliação do debate sobre as questões raciais.

Confira a programação completa no site do evento.