Sidebar

11
Ter, Ago

Foto: João Dutra/RPC

Uma aluna de mestrado foi presa após ser flagrada pichando o muro da Universidade Estadual de Maringá (UEM), na madrugada desta quarta-feira (10). 

De acordo com a assessoria da instituição, o vigia viu a estudante e outra mulher pichando o muro do bloco 29, onde fica o Instituto de Línguas. Ele chamou a Polícia Militar (PM) e as jovens foram levadas à delegacia. Com elas foram encontradas latas de spray.

A Polícia Civil informou que as duas  foram ouvidas e liberadas na sequência. Nos interrogatórios, as duas confessaram que foram responsáveis pela pichação, segundo a polícia.

Ainda conforme a assessoria da universidade, a aluna participa do mestrado na área de enfermagem e é estagiária no Hospital Universitário. 

A UEM informou que abrirá uma sindicância contra a aluna de mestrado, que pode ser responsabilizada e ter que pagar a pintura do muro. A instituição não sobe informar se a outra envolvida também estuda na universidade. 

https://tnonline.uol.com.br/noticias/regiao/32,453090,10,01,vigilante-flagra-aluna-de-mestrado-pichando-muro-da-uem.shtml

Primeiro bloco em construção deve ser finalizado até início do ano letivo, em março

O campus de Ivaiporã da Universidade Estadual de Maringá (UEM) garantiu recurso de R$ 12 milhões para construção de um novo bloco didático. A confirmação foi feita pelo reitor instituição, Mauro Luciano Baesso, em visita nesta terça-feira ao município. O recurso, fruto de emenda parlamentar do deputado Sergio Souza (PMDB), já foi empenhado no Sistema Nacional de Convênios (Siconv).

O primeiro bloco já está em construção e está localizado na Avenida Espanha, no Jardim Europa, ao lado do Ginásio de Esportes Sapecadão. De acordo com o reitor Baesso o novo bloco didático que será construído no campus terá dois pavimentos. Os projetos arquitetônico e estrutural estão sendo finalizados. “Este é o maior empenho federal que obtivemos entre os nove campus da UEM. Agradecemos muito o comprometimento do deputado Sergio Souza por mais esta parceria”, assinala Baesso. 

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Roberto do Amaral (PSDB) destaca que, com a obra, Ivaiporã se consolida também como polo regional de ensino superior. “Com o campus a todo vapor, a ideia agora é trazer mais cursos para Ivaiporã. Até o final de fevereiro, teremos uma audiência pública para discutir com a população, quais cursos serão implantados. A tendência é pela área de saúde, fisioterapia, enfermagem ou até mesmo medicina, principalmente porque temos o Hospital Regional sendo construído em frente ao campus”, comenta. 

Miguel Amaral também destacou a atuação do deputado Sergio Souza. “O Sérgio Souza vem trabalhando esta emenda desde o início do ano, agora o ministro Mendonça Filho confirmou com a inclusão do projeto básico no sistema de convênios”, completa. 

Também foi garantida uma emenda no valor de R$ 1,5 milhão para a infraestrutura do campus. O recurso, que já estava no Sincov, foi autorizado no final do ano e, em breve, será feita a licitação pela UEM para cercar a área de 2,5 alqueires do campus, além de construir estacionamento e implantar iluminação, galerias pluviais, paisagismo e pavimentação asfáltica na área interna. 

ANO LETIVO

Desde que foi criado em Ivaiporã o Campus Regional Vale do Ivaí teve como sede provisória o Colégio Estadual Barão do Cerro Azul. Este ano, porém, os cerca de 300 alunos dos cursos de Assistência Social, Educação Física e História serão transferidos para a sede definitiva que será finalizada até o final de fevereiro. 

https://tnonline.uol.com.br/noticias/regiao/32,452008,03,01,campus-da-uem-de-ivaipora-garante-r-12-mi-para-obras.shtml

Francisco Zanon Costa se destacou em prova realizada na praia de Caiobá em Matinhos - Foto: Divulgação

O garoto apucaranense Francisco Zanon Costa, 9, obteve a segunda colocação na categoria de 6 a 9 anos, durante a realização do Circuito Renault de Triathlon Olímpico, disputado recentemente na praia de Caiobá em Matinhos (Litoral do Estado).

A prova teve 50m de natação, 1 quilômetro de ciclismo e 200m de corrida, com o apucaranense marcando o tempo de 9’27”. Dezesseis atletas competiram na categoria de 6 a 9 anos.

O vencedor na categoria foi o curitibano Miguel Mazorca. Frederico Voigt Bilski ficou em terceiro lugar, seguido por Lucca Santos e Leonardo Dias.

Na competição do ano passado, Francisco havia conquistado a medalha de bronze.

Neste ano o garoto de Apucarana também participou de competições nas modalidades de duathlon aquático, natação e futsal, se destacando em todas elas.

No duathlon aquático, disputado no Country Clube em Apucarana, ele foi campeão em sua categoria. Na natação, pelo Torneio do Norte do Paraná, Francisco ganhou prata na prova de 50m nado livre e bronze na prova de nado medley. A competição ocorreu na piscina da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

No futsal, Francisco ganhou dois títulos, sendo um pelo Clube 28 de Janeiro, de Apucarana, e outro pela Associação Desportiva Vida Reluz (ADVR), de Londrina. Na agremiação apucaranense ele foi campeão do Campeonato Municipal e no time de Londrina ficou na primeira colocação da Copa Objetivo.

https://tnonline.uol.com.br/noticias/esportes/1,449330,15,12,apucaranense-fica-em-segundo-lugar-no-circuito-de-triathlon-em-caioba.shtml

 

Pagamento de salários dos servidores da UEM é liberado pelo governo - Foto - Reprodução

A Lei Seca do vestibular, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas no entorno da Universidade Estadual de Maringá (UEM), na região norte do Paraná, durante a realização dos vestibulares, começou a valer a partir das 20 horas desta sexta-feira (8) é só terminará às 23h59 de terça-feira (12), último dia do Vestibular de Verão da instituição.

Segundo a UEM, 15.186 candidatos inscreveram para este concurso que oferece 1.518 vagas em diferentes cursos de graduação.

A Diretoria de Fiscalização da Secretaria de Fazenda de Maringá informou que foi realizada uma reunião no 4° Batalhão de Polícia Militar, para definir os detalhes da fiscalização integrada.

Assim como nas edições anteriores, a força-tarefa será composta por integrantes da Polícia Militar, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Guarda Municipal e Diretoria de Fiscalização.

Quem for flagrado vendendo bebida alcoólica no quadrilátero da Avenida Colombo, Rua Vitória, Avenida Morangueira e Rua Quintino Bocaiúva, será multado. O valor varia de acordo com o tipo de comércio: a multa prevista para estabelecimentos comerciais é de R$ 5 mil, e para ambulantes, R$ 500, além da apreensão da mercadoria.

 Garantir a segurança e tranquilidade 

O objetivo da Lei Seca, em vigor no município desde 2009, é garantir a segurança e tranquilidade dos vestibulandos e moradores durante o vestibular.

O Vestibular de Verão da UEM começa no domingo (10) de manhã, a partir das 8h50, com provas até o início da tarde. Na segunda-feira e na terça-feira (11 e 12), as provas prosseguem, sempre no mesmo horário.

15.186 candidatos inscreveram para este concurso que oferece 1.518 vagas em diferentes cursos de graduação - Foto - imagem ilustrativa: site da UEM

 

Conhecimentos Gerais 

Com a aplicação da prova de Conhecimentos Gerais começa, neste domingo (10), o Vestibular de Verão 2017 da UEM (Universidade Estadual de Maringá). O concurso registrou 15.186 inscrições.

No primeiro dia de exame os candidatos deverão responder 40 questões objetivas, elaboradas na perspectiva interdisciplinar, envolvendo conteúdos referentes às seguintes matérias do Ensino Médio: Arte, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Matemática, Química e Sociologia.

A entrada em sala será só até 8h50, quando soará o sinal e o acesso ao local de prova não será mais permitido. O vestibulando deverá apresentar um documento de identificação original, com foto. Em hipótese alguma, será permitida a entrada em sala de provas sem ele.

Caso o candidato teve os documentos  extraviados ou roubados, poderá apresentar o Boletim de Ocorrência Policial, com registro da ocorrência. Será necessário levar o BO original e uma cópia, que ficará com a CVU (Comissão Central do Vestibular Unificado).

Mais uma vez a presidente da Comissão, Raquel Natali, recomenda aos candidatos que se organizem e cheguem ao local com pelo menos uma hora de antecedência. E ainda que consultem, antecipadamente,  o local onde farão o concurso. Quem ainda não tem essa informação pode acessar o Menu do Candidato no site do vestibular. Ou ainda entrar em contato com a CVU, que estará de plantão neste sábado das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18 horas. A Comissão fica no Bloco 28 e atende pelo telefone 44 3011-4450.

O concurso segue na segunda-feira, dia 11, com as provas de Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa (10 questões objetivas), Língua Estrangeira (5 questões objetivas) e Redação; e na terça-feira, dia 12, com aplicação da prova de Conhecimentos Específicos, sendo 40 questões objetivas, 20 para cada uma das matérias definidas pelos Conselhos Acadêmicos do curso escolhido.

Cidades – Do total de inscritos, 10.683 farão as provas em Maringá; 1.021 em Apucarana; 927 em Umuarama; 802 em Cianorte; 715 em Paranavaí; 454 em Campo Mourão; 271 em Ivaiporã; 239 em Goioerê e 74 em Cidade Gaúcha.

Para este concurso, a UEM oferece 1.518 vagas em 62 cursos de graduação. A lista dos aprovados será publicada no dia 30 de janeiro pela internet. A matrícula, em primeira chamada, deverá ser feita nos dias 5 e 6 de fevereiro, também pela internet. As aulas terão início no dia 12 de março.

https://tnonline.uol.com.br/noticias/regiao/32,448167,08,12,lei-seca-do-vestibular-da-uem-comecou-a-valer-as-20-horas-desta-sexta.shtml

Acadêmicos do campus regional da Universidade Estadual de Maringá (UEM) em Ivaiporã vão começar o ano letivo de 2018 em endereço novo. Depois de sete anos em sede provisória no Colégio Estadual Barão do Cerro Azul, a sede definitiva da instituição finalmente está sendo concluída, na Avenida Espanha, ao lado do Ginásio de Esportes Sapecadão.

Segundo o diretor do campus regional Ricardo Carminato, o primeiro bloco didático do campus tem área construída de 1.159 metros quadrados. São oito salas de aula, biblioteca, laboratórios, cozinha e áreas administrativas que serão usadas pelos cerca de 300 acadêmicos dos cursos de Assistência Social, Educação Física e História. “Para os cursos noturnos, a capacidade é ideal. Para os períodos da manhã e a tarde teremos algumas sobras e vai ser possível pensar em abertura de novos cursos para este período”, comemora.

Ainda conforme Carminato, a previsão para a conclusão das obras é em meados de fevereiro e o ano letivo da UEM inicia no dia 15 de março. Para ele, a mudança vai consolidar a universidade no município. “Será um marco, passaremos a ter uma identidade universitária. Vindo para cá a tendência é atingir, o projeto inicial de nove cursos”, assinala Carminato.

A UEM tem ainda outros convênios assinados com o Governo Federal que contemplam o cercamento da área de 2,5 alqueires (Ginásio de Esportes Sapecadão, Bloco I e Estádio), construção de estacionamento, iluminação, galerias pluviais, paisagismo e pavimentação asfáltica na área interna no valor de R$ 1,1 milhão em emendas parlamentares. 

Outra emenda do deputado Sérgio de Souza, no valor de R$ 6 milhões, deve ser investida na construção de mais um bloco com dois pavimentos. “Aí conseguiremos atender os laboratórios que temos carência e a abertura de mais cursos. Principalmente agora que temos o Hospital Regional sendo construído frente à universidade, a tendência e para alguns cursos na área de saúde”, completa Carminato. 

PARADA

O bloco do campus começou a ser construído em março de 2013 e a obra foi abandonada definitivamente pela empreiteira contratada no final de 2014. Depois de concluir todo o processo de distrato com a antiga empreiteira, a obra foi retomada definitivamente no início deste ano. Os recursos para conclusão são a fundo perdido da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) repassada ao Governo do Estado, que transferiu para a UEM. Atualmente o serviço é executado pela Dinâmica Limitada, e vai custar R$ 1.269.314,89. 

https://tnonline.uol.com.br/noticias/regiao/32,447768,07,12,campus-da-uem-de-ivaipora-comeca-ano-letivo-de-2018-em-sede-definitiva.shtml

Mais Artigos...

Página 4 de 4