TN Online
Tools

Mandaguari tem um caso suspeito de coronavírus (covid-19). A informação foi confirmada nesta terça-feira (17), pela assessoria da prefeitura do município.

De acordo com o setor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Mandaguari, material de uma pessoa que procurou atendimento com suspeita de coronavírus foi coletado na segunda-feira (16). O material já foi enviado para o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas (Lepac) da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Uma outra pessoa procurou atendimento nesta terça-feira (17) mas, segundo a Vigilância, a hipótese da doença foi descartada.

As duas pessoas, que procuraram a saúde neste começo de semana, fizeram viagens ao exterior. Logo após o atendimento, a pessoa que se apresentou na segunda-feira, foi imediatamente colocada em isolamento domiciliar e, segundo a Secretaria de Saúde, passa bem. Agora, aguarda-se o resultado do exame, que deve sair nos próximos dias.

O caso suspeito ainda não consta no relatório semanal da Secretaria de Estado de Saúde, justamente por conta do resultado do exame que será divulgado pelo Lepac. Isso significa que é um caso que pode ser tanto confirmado como também descartado.

PREVENÇÃO

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las.

Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas, etc. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para o uso da água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para 9 partes de água) para desinfetar superfícies.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal é outra medida de prevenção importante. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Para a higienização das louças e roupas, recomenda-se a utilização de detergentes próprios para cada um dos casos. Destacando que é importante separar roupas e roupas de cama de pessoas infectadas para que seja feita a higienização à parte.

Caso não haja a possibilidade de fazer a lavagem destas roupas imediatamente, a recomendação é que elas sejam armazenadas em sacos de lixo plástico até que seja possível lavar.

Além disso, as máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus.

Também é importante que as pessoas comprem antecipadamente e tenham em suas residências medicamentos para a redução da febre, controle da tosse, como xaropes e pastilhas, além de medicamentos de uso contínuo.

Produtos de higiene também devem ser comprados e armazenados como uma medida de prevenção. No caso das crianças, recomenda-se que os pais ou responsáveis, adquiram fraldas e outro produtos em uma maior quantidade para que se evite aglomerações em supermercados e farmácias.

https://tnonline.uol.com.br/noticias/regiao/32,490915,17,03,mandaguari-tem-um-caso-suspeito-de-coronavirus