CBN
Tools

A equipe do Conselho Regional de Medicina do Paraná esteve no HU na manhã desta quinta-feira.

Os técnicos verificaram as condições de atendimento aos pacientes e de trabalho dos profissionais. Em dezembro de 2015, numa fiscalização, o CRM constatou várias irregularidades  e recomendou uma série de melhorias para evitar a interdição ética do hospital. Foi dado um prazo de seis meses. O presidente do CRM/PR, Luiz Ernesto Pujol, diz que ficou surpreso com as mudanças que ocorreram no pronto-atendimento neste período.

http://www.cbnmaringa.com.br/page/noticias_detalhe.asp?cod=245110