Sidebar

21
Qui, Nov

Portal G1
Tools

Foram nomeados 255 novos servidores para três hospitais universitários.
Do total de nomeados, 94 trabalharão no Hospital Universitário de Londrina.

O decreto de nomeação de 255 novos servidores estaduais que trabalharão nos hospitais universitários de Londrina, Maringá, ambos no norte do Paraná, e também da região oeste do estado foi assinado pelo governador Beto Richa (PSDB) na quarta-feira (25). Os agentes universitários foram aprovados em concursos públicos realizados pelas universidades estaduais.

Do total de nomeados, 94 vão trabalhar no hospital da Universidade Estadual de Londrina (UEL), 138 no hospital da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e 23 no hospital da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

As nomeações acontecem mais de 30 dias depois da UEL anunciar que fecharia o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) por falta de funcionários. A reitora da UEL, Berenice Jordão, diz que o setor voltará a funcionar tão logo os servidores sejam empossados.

“Com estas contratações, o CTQ funcionará normalmente. Estes servidores atenderão a vários setores do hospital universitário e vamos recompor o quadro do centro. Assim, o centro não vai interromper as atividades”, declarou a reitora da UEL.

Após publicação, os convocados terão 30 dias para se apresentar, e mais 30 para começar a trabalhar. A previsão é de que em 60 dias todos os convocados tenham sido empossados.

Os hospitais universitários são referência em atendimento de alta complexidade e atendem apenas paciente do Sistema Único de Saúde (SUS).

As contratações devem reduzir a superlotação do hospital universitário da UEM. Com demanda maior, devido a abertura de 27 novos leitos este ano, a instituição precisava com urgência de mais servidores. O hospital possui 150 leitos para atender toda a região.

http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2016/05/governo-assina-decreto-de-nomeacao-de-novos-servidores-para-hospitais.html