Sidebar

22
Ter, Out

O Diário do Norte do Paraná
Tools

O governador Beto Richa oficializou a nomeação de 255 agentes universitários, aprovados em concursos públicos, para três hospitais universitários do Paraná. A convocação dos servidores começou a ser feita no Diário Oficial nesta terça-feira (31).

Do total, 138 vão integrar o quadro de colaborados do Hospital Universitário Regional de Maringá, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Noventa e quatro vão para o Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná, vinculado a Universidade Estadual de Londrina (UEL). O Hospital Universitário do Oeste do Paraná, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), receberá os outros 23.

"A contratação dos novos agentes atende a uma importante reivindicação das universidades e, sobretudo, da população de regiões beneficiadas pela ação dos hospitais universitários", disse Richa.

Referência

Os hospitais universitários são referência em alta complexidade e atendem 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, destacou que com as novas contratações, o Governo do Estado reafirma o compromisso de fortalecer o atendimento médico oferecido pelas universidades. “Melhoraremos ainda mais o excelente atendimento que a nossa população encontra nos hospitais universitários. Mais uma vez o governador coloca estes investimentos como prioridade”, afirmou.

Os novos servidores têm 30 dias para tomarem posse, seguidos de mais 30 dias para começarem o efetivo exercício do cargo. As novas contratações também são resultado da parceria com a secretaria de Saúde.

Atendimentos

Em Maringá, o hospital universitário é referência em atendimento pela Rede Mãe Paranaense e em diversas áreas, como Neuropediatria, Reumatologia, Hematologia, Urgência e Emergência. “Com a recomposição do quadro de servidores, temos a garantia de uma continuidade do trabalho com maior investimento em qualificação profissional. Isso reflete na melhoria do atendimento à população”, disse o superintende do HU de Maringá, Maurício Chaves Júnior. Ele destacou que será possível investir os recursos, hoje utilizados para o pagamento dos prestadores de serviço, em outras ações de melhorias dentro do HU.

Em 2015, o hospital universitário da UEM registrou mais de 46 mil atendimentos no pronto-atendimento, com uma média mensal de mais de 3,5 mil pacientes. Além de, aproximadamente, 27 mil consultas especializadas e mais de 3,3 mil cirurgias eletivas e de urgência.

O Governo do Estado liberou, este ano, mais de R$ 14 milhões para a construção da Clínica Adulto do hospital universitário, com a criação de 100 novos leitos hospitalares. Com os novos leitos, o HU dobrará sua capacidade de atendimento.

O Hospital Universitário de Londrina, realizou, em 2015, mais de 30 mil consultas somente no Pronto Socorro e cerca de 11 mil internações. O hospital tem hoje 301 leitos, 115 salas para consulta e sete salas cirúrgicas.

Em Cascavel, o Hospital Universitário do Oeste do Paraná, realiza em média 3,4 mil atendimentos e consultas ambulatoriais por mês, 3 mil atendimentos no Pronto Socorro e cerca de 35 mil exames. Os serviços hospitalares prestados pelo HUOP abrangem muitas ações assistenciais na área da saúde, sendo referência regional em alta complexidade nas áreas de gestação de alto risco, ortopedia/traumatologia, cirurgia vascular, neurologia/neurocirurgia e tratamento em portadores de HIV.

http://maringa.odiario.com/parana/2016/05/richa-nomeia-255-agentes-universitarios-hu-de-maringa-recebe-138/2165353/