Sidebar

18
Ter, Dez

Portal R7
Tools

Foto foi rabiscada com a frase "lésbica foi um mal exemplo"

Foto da vereadora Marielle Franco é alvo de vandalismo na UEM (Reprodução/Facebook/Neiab/UEM)

Foto da vereadora Marielle Franco é alvo de vandalismo na UEM (Reprodução/Facebook/Neiab/UEM)

Uma exposição intitulada "As várias formas de genocídio da mulher negra – Com Homenagem a Marielle Franco”, montada na Biblioteca Central da Universidade Estadual de Maringá (UEM), na região Norte do Paraná, foi alvo de vandalismo. Uma foto onde aparece o rosto da vereadora carioca foi rabiscada com uma frase preconceituosa.

Exposição mulheres negras

Na foto, é possível ver escrito em vermelho a frase "lésbica foi um mal exemplo". No local há câmeras de segurança e o Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro Brasileiros (Neiab), que promove a exposição, promete identificar e levar o responsável as autoridades. 

Pelo facebook, o Neiab disse que há “mensagens depreciativas, ou seja, exalando racismo e LGBTfobia”. A exposição teve início no dia 23 de julho e fica aberta ao público até 30 de julho. Ao todo, 21 fotos de mulheres negras assassinadas foram expostas.

Marielle Franco foi assassinada em março de 2018, no Rio de Janeiro, quando voltava de um evento junto com o motorista Anderson Gomes. Até o momento, duas pessoas foram presas pela Polícia Civil suspeitas de participar do crime.

https://pr.ricmais.com.br/dia-a-dia/noticias/marielle-franco-foto-sofre-vandalismo-em-exposicao-no-parana