Sidebar

19
Ter, Mar

Edital prevê a compra de 157 câmeras para o campus sede da instituição. Prazo para análise das propostas termina em 9 de novembro.

 Sistema de vigilância vai contar com 157 câmeras distribuídas pelo campus sede da UEM, em Maringá (Foto: UEM/ Divulgação) Sistema de vigilância vai contar com 157 câmeras distribuídas pelo campus sede da UEM, em Maringá (Foto: UEM/ Divulgação)

Sistema de vigilância vai contar com 157 câmeras distribuídas pelo campus sede da UEM, em Maringá (Foto: UEM/ Divulgação)

A licitação para a compra de um sistema de vigilância com 157 câmeras de monitoramento para o campus sede da Universidade Estadual de Maringá (UEM), no norte do Paraná, recebeu propostas de seis empresas, com valores que variam entre R$ 1,6 milhão e R$ 1,98 milhão. O edital de licitação previa um teto de R$ 2,4 milhões. Os envelopes com as propostas foram abertos na manhã desta terça-feira (31).

Segundo a administração da universidade, as propostas das empresas – são duas de Maringá, duas de Curitiba, uma de Santa Catarina e uma de Mato Grosso – serão avaliadas por uma comissão formada por professores dos cursos de Processamento de Dados e Informática. O prazo para análise termina em 9 de novembro.

"É um sistema completo, que pode comportar mais câmeras no futuro. Cada departamento que quiser instalar câmeras de vigilância poderá ser integrado nesse sistema futuramente", diz o prefeito do campus, Carlos Augusto de Melo Tamanini.

De acordo com o edital, além das câmeras, a empresa que vencer a licitação ficará responsável pelo fornecimento de um software de identificação e análise de placas de veículos que circulam pelo campus.

A vencedora do processo também deve fornecer monitores e joysticks para acompanhamento das imagens, postes metálicos e de concreto para a instalação das câmeras, servidores para armazenamento dos dados, nobreak com 12 baterias e demais equipamentos, em um total de 35 diferentes itens.

Segundo a universidade, de janeiro a setembro deste ano foram registrados 17 furtos e cinco roubos - quando a vítima sofre ameaça ou violência - no campus sede da instituição, além de 12 casos de arrombamentos em salas e laboratórios.

Em todo o ano de 2016, foram 26 furtos, 13 roubos e seis arrombamentos. Já em 2015, foram 30 furtos, quatro assaltos e 13 arrombamentos.

https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/licitacao-para-sistema-de-vigilancia-da-uem-tem-propostas-de-ate-r-19-mi.ghtml

Prazo que terminaria no dia 27 de setembro precisou ser prorrogado por problemas para o pagamento de taxa.

O Vestibular de Verão é o que oferece o maior número de vagas: 1.518 (Foto: UEM/Divulgação) O Vestibular de Verão é o que oferece o maior número de vagas: 1.518 (Foto: UEM/Divulgação)

O Vestibular de Verão é o que oferece o maior número de vagas: 1.518 (Foto: UEM/Divulgação)

As inscrições para o Vestibular de Verão 2017, o Vestibular do Ensino a Distância (EaD) e do Processo de Avaliação Seriada (PAS) da Universidade Estadual de Maringá, no norte do Paraná, termina nesta quarta-feira (4).

O prazo, que terminaria no dia 27 de setembro, precisou ser prorrogado pela da Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU) por problemas para o pagamento da taxa pela internet.

As taxas, que variam de R$ 73 a R$ 146, podem ser pagas até sexta (6) em casas lotéricas, agências bancárias (qualquer banco) e em caixas eletrônicos.

Termina também na quarta a data para o pedido de atendimento especial para pessoas com deficiência física e necessidades especiais.

Outra mudança foi a data para publicação dos editais das inscrições homologadas e não homologadas, que será em 16 de outubro. Os demais prazos estão mantidos nos três concursos.

As inscrições devem ser feitas pelo site da instituição.

O vestibular de verão tem o maior número de vagas abertas. São 1.518 distribuídas em 62 cursos de graduação, sendo que 20% das vagas são reservadas para o sistema de cotas sociais. O vestibular EaD oferece 1.350 vagas em três cursos. Já o PAS tem 752 vagas abertas para estudantes matriculados no ensino médio.

Veja as informações de cada processo seletivo:

EaD

Vagas: 1.350 (270 para cotistas)

Cursos: bacharelado em administração pública, licenciatura em ciências biológicas e tecnologia em gestão pública.

Taxa de inscrição: R$ 110,00

Publicação dos editais das inscrições homologadas: 6 de outubro

Divulgação dos locais de provas: a partir de 19 de outubro

Prova: 19 de novembro, entre 13h50 e 19h

Divulgação do gabarito provisório: 22 de novembro

Imagem Digitalizada e Nota da Redação: 22 de janeiro de 2018

Resultado: 30 de janeiro de 2018

Consulta do desempenho nas provas: 30 de janeiro a 28 de fevereiro de 2018.

Matrícula: 5 e 6 de fevereiro de 2018 (primeira chamada)

Inicio das aulas: 12 de março

 

Vestibular de Verão 2017

Vagas: 1.518 (287 para cotistas)

Taxa de inscrição: R$ 146,00

Publicação do edital das inscrições homologadas: 6 de outubro

Divulgação dos locais de provas: a partir de 10 de novembro

Realização das provas: 10 a 12 de dezembro, das 8h50 às 13 horas.

Divulgação do gabarito provisório: 14 de dezembro

Divulgação da imagem digitalizada e da nota da redação: 22 de janeiro de 2018.

Resultado final: 30 de janeiro de 2018

Consulta do desempenho nas provas: 30 de janeiro a 28 de fevereiro de 2018.

Matrícula: 5 e 6 de fevereiro de 2018 (primeira chamada)

Início das aulas: 12 de março

PAS

Vagas: 752 (3ª Etapa)

Podem inscrever-se: alunos de 1.ª, 2.ª e últimas séries do ensino médio

Publicação dos editais das inscrições homologadas: 6 de outubro

Divulgação dos locais de prova: 19 de outubro

Prova: 19 de novembro, entre 13h50 e 19h

Imagem digitalizada e nota da Redação - Etapa 3: 22 de janeiro de 2018, às 15h

Resultado final – Etapa 3: 30 de janeiro de 2018, às 10h

Matrícula: 5 e 6 de fevereiro de 2018 (primeira chamada)

Início das aulas: 12 de março

Consulta do desempenho na prova – Etapa 3: 30 de janeiro a 28 de fevereiro de 2018

Imagem digitalizada e nota da redação – etapas 1 e 2: 29 de janeiro de 2018, às 15h

Resultado final – Etapas 1 e 2: 9 de fevereiro de 2018, às 10h

Consulta do desempenho na prova – etapas 1 e 2: 9 de fevereiro a 8 de março de 2018

Na contramão da indústria da moda, três universitários paranaenses lançaram mão de um conceito consciente e sustentável, o slow fashion, para tirar do papel criações que unem três diferentes estilos. Dos bancos e corredores do campus de Cianorte, no noroeste do Paraná, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), as ideias ganharam os palcos com novos artistas da música pop brasileira.

Leia mais...

Mais Artigos...