Portal G1
Tools

UEM, UEL, UEPG e Unioeste estão entre as melhores; estudo avaliou quase 1,4 mil universidades em 92 países.

Universidades foram classificadas entre as melhores da América Latina — Foto: Jaelson Lucas/AEN

Quatro das sete universidades estaduais do Paraná foram classificadas entre as 100 melhores da América Latina, segundo um levantamento da revista britânica Times Higher Education (THE).

São elas: Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

O estudo foi feito pelo World University Rankings 2020, que avaliou quase 1,4 mil universidades em 92 países através de 13 indicadores sobre o desempenho das instituições em ensino.

As instituições paranaenses se destacaram nos quesitos de ensino, indústria e influência em pesquisas.

A UEL, por exemplo, se destacou em relação ao ensino e ficou classificada entre as 70 melhores universidades da América Latina e entre as 37 melhores do Brasil.

Nesse quesito, a Unioeste também se destacou e ficou entre as melhores universidades aparecendo na 28ª posição.

A UEM também ficou classificada na 36ª posição nacional alcançou a 90ª colocação na América Latina com relação a indústria, que mede a capacidade da universidade criar inovações e invenções para o setor produtivo.

A categoria indica o grau de intenção das empresas em pagar por pesquisas e a capacidade de uma universidade atrair financiamentos.

O destaque da UEPG foi em relação à influência em pesquisas. A universidade ficou entre as 12 melhores universidades em citações do país e em 91ª na América Latina.

https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2019/09/12/estudo-britanico-aponta-universidades-estaduais-do-parana-entre-as-melhores-do-mundo.ghtml