Sidebar

22
Sex, Jan

O Departamento de Ciências Contábeis (DCC), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), promove, no dia 26 de novembro, aula magna ministrada por Marciano Buffon, com o tema “Tributação, Desigualdades e Mudanças Climáticas: como o capitalismo evitará seu colapso”. A palestra, que irá abrir a XXXII Semana do Contador de Maringá e XXIX Semana do Contador de Cianorte, tem início às 19h30, com transmissão online pelo canal do YouTube da Associação dos Amigos do Mudi (Amudi).

O tema da aula é homônimo ao livro lançado em 2019 por Buffon, que discute o uso de políticas públicas no campo fiscal associado à dicotomia em que a lógica capitalista se insere. Isto é, no enfrentamento de questões relacionadas à desigualdade social e à degradação do meio-ambiente, para que não se atinja o colapso desse sistema.

Os eventos têm cunho científico-acadêmico e são abertos ao público geral que busca por contribuições de pesquisadores e profissionais de áreas distintas dentro da temática proposta, vinculada ao âmbito da contabilidade.

A programa são se estenderá até março de 2021 e é composta por minicursos, palestras e apresentações de trabalhos. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 23 de novembro, podendo ser feitas por meio deste formulário. E para aqueles que não precisarem das certificações e quiserem apenas assistir à Live, basta acessar o canal do Amudi no dia da transmissão.

Buffon é pós-doutor em Direito pela Faculdade de Direito da Universidad de Sevilla, tem mestrado em Direito Público e doutorado com ênfase em Direito do Estado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Atua como advogado tributarista com especialização em Direito Empresarial, leciona Direito Tributário na Unisinos e no programa de Pós-Graduação em Direito e nos cursos de pós-graduação em Direito Tributário em outras instituições.

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) prorrogou o prazo de inscrição para o Vestibular EAD 2020, com a oferta de 1.030 vagas, para cinco cursos de graduação, que são Administração Pública, Ciências Biológicas, Física, Letras Português/ Inglês e Pedagogia, que serão distribuídas em diferentes polos de educação presencial.

 

Inscrições para o PAS e Vestibular de Verão 2020 também foram prorrogadas

Inscrição

As inscrições serão realizadas até 30 de novembro de 2020 e deverão ser feitas pelo site www.vestibular.uem.br. O valor da taxa é de R$110,00 que deverá ser paga por meio de boleto bancário gerado no ato da inscrição. A data limite para pagamento é 20 de novembro.

 

Cotas

Conforme edital, 40% das 1.030 vagas abertas neste concurso são ofertadas pelo sistema universal. O restante são vagas sociais ou raciais, assim distribuídas: 20% são reservadas para o sistema de cotas sociais, regulamentado pela Resolução nº 08/2020-CEP; além de mais 20% para o sistema de cotas para negros, aprovado no ano passado na UEM e regulamentado pela Resolução n.º 028/2019-CEP. Da porcentagem destinada às cotas raciais 15% das vagas deve beneficiar candidatos pretos e pardos que atendem aos critérios de cotas sociais e os 5% restantes independentemente de questões sociais.

Há ainda a reserva de 20% de vagas para docentes da rede pública de ensino, desde que em exercício, sem formação inicial em nível superior ou que não são formados na área em que atuam.

 

Provas

As provas serão realizadas no dia 21 de fevereiro de 2021, nas seguintes cidades do Paraná: Apucarana, Cascavel, Campo Mourão, Cianorte, Goioerê, Ivaiporã, Loanda, Londrina, Maringá, Paranavaí e Umuarama.

As provas comtemplam conhecimentos gerais, língua portuguesa e literatura, redação, língua estrangeira e provas específicas. Os candidatos poderão ter acesso aos conteúdos, data, horário, local da prova e também ao número de vagas para cada curso/polo no Manual do Candidato.

 

Resultado

A lista com o nome dos aprovados será publicada no dia 1º de abril de 2021, por meio do site da Universidade.

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) desenvolveu uma tecnologia inovadora de reciclagem mecânica de embalagens multicamadas, um processo relativamente simples, rápido e econômico. As embalagens multicamadas são usadas em pacotes de salgadinhos, biscoitos e café, por exemplo. Elas geram impacto ambiental.

A solução da UEM é fruto da pesquisa de doutorado da professora do Departamento de Engenharia Mecânica, Silvia Luciana Fávaro Rosa. O estudo resultou na concessão de uma carta-patente para a Universidade, publicada em junho último pelo INPI. As pesquisas tiveram início há mais de dez anos, quando a professora ainda era aluna do Programa de Pós-Graduação em Química da UEM.

Esta foi uma das 11 concessões feitas até aqui em 2020, sendo que há a iminência do anúncio de outras patentes ainda este ano. O professor Luiz Fernando Cótica, diretor de Pesquisa e coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica da UEM (NIT) conta que a Universidade acumula ao longo da sua história a concessão de 30 cartas-patente, das quais 28 estão vigentes e duas já são de domínio público. “Além disso, temos quatro pedidos deferidos, apenas aguardando a concessão do INPI”.

Muitas das conclusões oriundas destas pesquisas acadêmicas poderiam gerar benefícios para a sociedade, a partir dos processos de transferência de tecnologia. Tomando como base o estudo da professora Silvia Rosa, por exemplo, as embalagens multicamadas poderiam ser reaproveitadas na produção de para-choques e outras peças internas para veículos, ao invés de pararem nos lixões.

Isso porque o processo de reciclagem desenvolvido pela cientista resulta na produção de um material de alta resistência ao impacto e com diversas aplicações. “Todo o processo é mecânico, sem utilização de reações químicas e, portanto, além de ser economicamente vantajoso, não gera resíduo”, afirma a pesquisadora.

NOVO MEDICAMENTO - Do mesmo modo, a invenção de um inédito composto de base natural, cujos testes indicaram alta eficiência no combate ao protozoário causador da Leishmaniose,  poderia entrar na linha de produção de um medicamento novo com vantagens sobre os fármacos utilizados hoje.

A pesquisa neste caso, que também foi contemplada com uma carta-patente, concedida em outubro deste ano, foi realizada com a participação de pesquisadores da UEM e da Universidade Federal de Goiás (UFG), combinando química experimental com avaliação de atividade biológica. A substância encontrada é uma tiossemicarbazona, usando como matéria-prima de síntese um composto natural presente nas cascas de frutas cítricas como limões, laranjas e tangerinas. 

 “Os novos agentes antileishmania demonstraram baixa toxicidade para as células do organismo de mamíferos em relação ao tratamento convencional da Leishmaniose, que utiliza fármacos altamente tóxicos. As moléculas, que são de fácil produção e matéria-prima de baixo custo, também se mostraram eficazes na inibição do protozoário, equiparado às drogas utilizadas nos tratamentos convencionais”, explica Cleuza Conceição, destacando que existe forte demanda por novos fármacos que possam ser administrados por via oral e que apresentem menor toxicidade e menor duração de tratamento.

TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA - Gerar inovação a partir da transferência de tecnologia produz ganho também para a instituição de pesquisa, incluindo a possibilidade de compensação financeira, estimulando ainda mais o avanço da ciência e tecnologia.

Para dar aos pesquisadores mais suporte no que tange à proteção da propriedade intelectual e transferência de conhecimento, o NIT da UEM pretende atuar como uma instância de planejamento e ação estratégica para facilitar a interface com o mercado. Em linhas gerais esse apoio visa criar caminhos através de modelos de negócios para vencer o grande desafio que é aplicar a ciência e o conhecimento no mercado.

Confira a relação das patentes concedidas à UEM em 2020

Processo desenvolvido para a obtenção de carvão ativado modificado com a combinação de nanopartículas de prata e cobre inativadoras de vírus existentes na água

Secador Térmico por fuso aquecido

Máquina para perfuração horizontal de solo

Reciclagem mecânica de embalagens multicamadas

Triturador e compactador de poliestireno expandido

Gerador de ozônio modular operando em alta frequência com controle digital 

Formulação lipossomal com o fármaco nistatina

Tiossemicarbazonas incorporadas ao S-(-)-Limoneno com atividade antileishmania

Processo de fabricação de pavimentos, placas ou mapas táteis de aço maraging magnéticos radioluminescentes para sinalização de áreas de risco e emergência de pessoas com deficiências em plantas nucleares

Dispositivo portátil funcional para dessorção e ionização de partículas por sistema de nebulização e auto bombeamento via efeito venturi

Formulação para estabilização do ascorbato de sódio disperso em matriz polimérica de carbômero 934P para remoção do oxigênio residual do esmalte dental recém- clareado

 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:

http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

 

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) anunciou a prorrogação do prazo de inscrições para o Vestibular 2020, Vestibular EAD 2020 e do PAS (Processo de Avaliação Seriada) 2020, até o dia 30 de novembro.

Segundo a universidade, a decisão por prorrogar o prazo foi tomada para possibilitar que os estudantes possam ter maior tempo para se organizar e planejar a entrada no ensino superior.

As inscrições podem ser feitas de forma online pelos sites www.vestibular.uem.br e www.pas.uem.br  ou de forma presencial nos câmpus da UEM em Maringá, Cianorte, Cidade Gaúcha, Diamante do Norte, Goioerê, Ivaiporã e Umuarama.

“Os candidatos que ainda não efetuaram o pagamento da taxa de inscrição e desejarem emitir boleto com a nova data de vencimento devem acessar o Menu do Candidato e imprimir o novo boleto”, explicou a presidente da Comissão Central do Vestibular Unificado da UEM, Maria Raquel Marçal Natali.

Os estudantes têm até o dia 2 de dezembro para realizarem o pagamento da taxa de inscrição no Vestibular da UEM. O valor é de R$ 160.

As provas serão aplicadas nos dias 21 e 22 de março de 2021, disponibilizando 2.969 vagas, sendo 60% em ampla concorrência, 20% para cotas sociais e 20% em cotas para negros (essas com 75% destinadas por critérios de renda.

O vestibular será aplicado nas cidades de Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cidade Gaúcha, Curitiba, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama.

Mais informações podem ser solicitadas no site www.vestibular.uem.br, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e também pelo telefone (44) 3011-4450.

Recursos serão recebidos até 30 de outubro. Gratuidade foi destinada aos inscritos no CadÚnico.

Os resultados dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Vestibular 2020 e do Processo de Avaliação Seriada (Pas) 2020 da Universidade Estadual de Maringá (UEM) foram divulgados nesta quarta-feira, 28 de outubro. 

 

Confira o resultado da isenção

 

Os candidatos podem entrar com recursos até 30 de outubro. As orientações para protocolar os pedidos de revisão do indeferimento da isenção podem ser vistos no início das listas divulgadas pela UEM.

 

A isenção da taxa foi destinada aos inscritos no CadÚnico com renda renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa ou total de até três salários mínimos. Os pedidos foram recebidos até 15 de outubro. 

 

Vestibular e Pas

As inscrições do Vestibular e do Pas da UEM seguem até 11 de novembro. O candidato precisa optar por uma língua estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês) e decidir a cidade em que fará a prova. Concorrentes ao curso de Música devem informar uma segunda opção de curso e somente os participantes do Vestibular podem se inscrever para cotas. 

 

As provas do Pas serão realizadas em 21 de fevereiro de 2021 e serão compostas por questões objetivas de  Conhecimentos Gerais, Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa, Língua Estrangeira e uma Redação. Somente a terceira etapa terá perguntas de Conhecimentos Específicos. 

 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 

Já o Vestibular será aplicado em 21 e 22 de março de 2021. O primeiro dia terá a redação e a prova de Conhecimentos Gerais, já o segundo será composto por Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa, Língua Estrangeira e Conhecimentos Específicos. 

 

Os resultados do Pas e do Vestibular serão divulgados pela UEM no dia 5 de maio de 2021. 

 

A oferta do Vestibular da UEM é de 2.989 vagas, reunindo as oportunidades das seleções de inverno e de verão, já que a universidade optou por não realizar o processo seletivo de meio de ano por conta da pandemia de Covid-19. A seleção tem reserva de 20% para as cotas sociais e 20% para as cotas raciais. 

 

O Pas preencherá 747 vagas para os candidatos que forem aprovados na terceira fase da seleção. O Processo Seletivo Seriado não tem reserva para cotistas. 

 

As oportunidades da UEM são para cursos presenciais de Maringá, Umuarama, Cianorte, Goioerê, Ivaiporã e Cidade Gaúcha, cidades do Paraná. 

 

Mais informações nos editais e pelo site da UEM

Mais Artigos...