Sidebar

12
Qua, Dez

Mais de 25 mil estudantes passaram pelas provas no último domingo (25) em várias cidades paranaenses

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) publicou na tarde de hoje, 28 de novembro, as provas e os gabaritos do Processo de Avaliação Seriada (PAS) 2018. Acesse: 

Provas e gabaritos PAS 2018 UEM

Segundo a instituição, recursos contra o gabarito serão aceitos até amanhã (29) até as 15h, mediante preenchimento de formulário disponível neste site e protocolizados no Protocolo Geral da UEM, Bloco A-01.

O PAS ocorreu no último domingo (25) e foi formado por uma redação e 40 questões objetivas de conhecimentos gerais, português e literatura e língua estrangeira. Somente candidatos da 3ª etapa responderam também questões de conhecimentos específicos.

Mais de 27 mil inscritos se inscreveram na seleção, mas 1.584 (5,7%) faltaram às provas.

Resultado

O resultado final da 3ª etapa do PAS 2018 da UEM sairá no dia 30 de janeiro de 2019.  As notas das etapas 1 e 2 serão liberadas em 11 de fevereiro.

A oferta é de 752 vagas para a 3ª etapa. O curso mais concorrido é Medicina, com 45,7 candidatos por vaga, seguido por Odontologia (18,2), Enfermagem (16,3), Arquitetura e Urbanismo (13,6) e Medicina Veterinária (13,5). 

Veja a concorrência completa do PAS III

Mais informações no Manual do Candidato.

https://vestibular.mundoeducacao.bol.uol.com.br/noticias/no-parana-uem-divulga-gabaritos-pas-2018/337980.html

Recursos serão recebidos até às 15h desta quinta-feira, 29 de novembro.

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) divulgou os gabaritos das três etapas do Programa de Avaliação Seriada (PAS) 2018. As provas foram realizadas no último domingo, 25 de novembro. 

Confira as provas e gabaritos

Os candidatos podem recorrer das respostas apresentadas até às 15h desta quinta-feira, 29 de novembro. Os participantes precisam preencher o formulário disponível no site e protocolá-lo no Protocolo Geral da UEM, Bloco A-01, das 7h40 às 11h e das 13h30 às 16h30.

PAS

A UEM registrou 27.712 inscritos no PAS 2018, tendo como faltosos 1.584 participantes, o que resultou em uma abstenção de 5,7%.

As provas foram constituídas de questões objetivas e redação, sendo que apenas a terceira etapa contou com as perguntas específicas aos cursos escolhidos. A seleção foi aplicada em 10 cidades do Paraná.

A lista de aprovados na terceira etapa do PAS será publicada em 30 de janeiro de 2019, junto com os convocados do Vestibular de Verão da UEM. 

As demais etapas do PAS terão acesso ao desempenho em 11 de fevereiro. 

Vagas

A oferta da UEM é de 752 vagas para os aprovados na terceira etapa do PAS 2018. Outras 1.518 oportunidades da universidade serão preenchidas pelo Vestibular de Verão. 

Mais informações no Edital ou no site da UEM.

https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/noticias/parana-uem-publica-provas-gabaritos-pas-2018/344175.html

Imagens: André Almenara

O Hospital Universitário de Maringá, no noroeste do estado, levou mais de uma hora para atender os pacientes trazidos pelo SAMU e Siate ao Pronto Atendimento, na noite de sexta-feira (16).

Uma das pacientes era uma idosa, de 88 anos e outro um homem acidentado. Eram quatro ambulâncias, duas do Siate e duas do SAMU, com pacientes no local.

Segundo o corpo de bombeiros, as vítimas e as ambulâncias já estavam paradas no local há mais de uma hora.

De acordo com a instituição, não havia médico cirurgião para o atendimento. O HUM afirmou que sofre com falta de pessoal e que nenhum concurso público é feito há quatro anos para substituir as perdas da equipe.

A responsabilidade pelo quadro de funcionários é de responsabilidade do governo do estado, mas, como não há concurso, a própria universidade abriu vagas, mas não encontra profissionais capacitados dispostos a assumir o cargo.

Para que os pacientes fossem atendidos, o superintendente do Hospital, Vicente Kira, assumiu as atividades no PA e atendeu aos pacientes que estavam aguardando. “Ressaltamos que todos foram recebidos e tratados pelo superintendente, enquanto a equipe do Pronto Atendimento recebeu e cuidou de mais 180 pacientes durante a noite”, afirma a nota do HUM.

O reitor da Universidade Estadual de Maringá, professor Julio Damasceno marcou uma coletiva de imprensa para a manhã de segunda-feira (19), para explicar o ocorrido.

 

Veja a nota na íntegra: 

Na noite de sexta-feira (16), o Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM), vinculado à Universidade Estadual de Maringá (UEM), precisou tomar medidas extremas em relação ao atendimento de pacientes. É necessário que a sociedade saiba os motivos que levaram o Hospital a tomar esta atitude.

O HUM é o que o Sistema Único de Saúde chama de porta de entrada para urgências e emergências Isto é, os serviços de resgate têm como protocolo levar pessoas acidentadas e com problemas agudos de saúde para o Pronto Atendimento do Hospital, que é chamado de PA. Este setor funciona com uma equipe de técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos e cirurgiões, além de outros profissionais da saúde. O que aconteceu é que a falta de reposição de servidores no HUM levou a equipe a solicitar que os pacientes da noite de ontem fossem enviados para outras unidades hospitalares de Maringá, visto que não havia pessoal disponível para atender à demanda, especialmente, médicos cirurgiões.

Ultimamente, o HUM tem resolvido seus problemas de pessoal contratando por meio de uma modalidade chamada de credenciamento, visto que não há contratação por concurso público desde 2014 e muitos servidores se aposentaram, pediram exoneração ou morreram. O custo destas contratações credenciadas é financiado por recursos arrecadados pela própria Universidade. Isto é, a UEM está deixando de fazer investimentos em infraestrutura e equipamentos para financiar o pagamento de pessoal, o que é responsabilidade do governo do Estado.

Porém, esta alternativa também chegou ao seu limite, visto que a modalidade não é atrativa para médicos em algumas especialidades, como os plantões no PA, do HUM. O efeito colateral é que o Hospital não consegue contratar e, em consequência disso, não se consegue fechar as escalas de plantão: falta de profissionais.

Foi o que aconteceu na sexta-feira. Para que os pacientes fossem atendidos, o superintendente do Hospital, Vicente Kira, assumiu as atividades no PA e atendeu aos pacientes que estavam aguardando. Ressaltamos que todos foram recebidos e tratados pelo superintendente, enquanto a equipe do Pronto Atendimento recebeu e cuidou de mais 180 pacientes durante a noite.

Mas essa não é, de forma nenhuma, sa solução. O Hospital e a UEM querem mostrar para a sociedade que o HUM não se recusa a fazer atendimentos. Faz isso com qualidade e é para manter essa excelência que precisa de pessoal, necessita repor seus quadros, porque a capacidade de trabalho está no limite.

Enfim, para que o HUM funcione e mantenha sua qualidade, é preciso que se dê as condições necessárias à equipe. A Hospital pede à população que compreenda a situação da necessidade de contratação de novos servidores e entre nesta luta junto com a UEM/HUM. Afinal, há uma nova ala sendo construída para ampliar o atendimento. Mas, se a situação de recursos humanos não mudar, será impossível colocar o novo espaço em funcionamento.

A luta pelo HUM é uma luta da comunidade, da população de Maringá e região. Esta é a hora de se criar um movimento que possa dar ao Hospital a condição de se manter uma unidade de saúde de excelência para a população não só na urgência e emergência, mas na sua atuação ambulatorial.

https://paranaportal.uol.com.br/cidades/sem-cirurgiao-hospital-de-maringa-precisa-dispensar-pacientes-do-samu/

Processo seletivo está marcado para os dias 9, 10 e 11 de dezembro em nove cidades paranaenses

A Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Paraná, divulgou o cartão com os locais onde serão aplicadas as provas do Vestibular de Verão 2018. Acesse:

Local de prova UEM Verão 2018

O processo seletivo ocorrerá entre os dias 9 e 11 de dezembro, das 8h50 às 13h, nas cidades de Apucarana, Campo

Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama.

Confira abaixo a distribuição das provas:

Recomenda-se que os candidatos cheguem ao local de prova antecedência. Deve-se levar documento de identificação original com foto e caneta esferográfica de tinta preta ou azul (fabricada em material transparente).

A previsão é que o resultado seja liberado no dia 30 de janeiro de 2019.

Vagas

O vestibular de verão 2018 da UEM oferece 1.518 vagas, sendo 20% para cotistas sociais. Os cursos são oferecidos em Maringá, Umuarama, Cidade Gaúcha, Goioerê, Cianorte e Ivaiporã.

Medicina, ministrada em Maringá, é o curso mais procurado, com mais de 159 candidatos por vaga. Em seguida, vêm Arquitetura e Urbanismo e Odontologia, com mais de 29 inscritos por chance.

Confira a concorrência completa

Para mais informações, acesse o Edital do Vestibular e Edital do PAS.

https://vestibular.mundoeducacao.bol.uol.com.br/noticias/no-parana-uem-solta-local-prova-vestibular-verao-2018/337733.html

As provas estão marcadas para o dia 25 de novembro.

Os estudantes que se inscreveram para o Programa de Avaliação Seriada (PAS) 2018 da Universidade Estadual de Maringá (UEM) já podem consultar o cartão informativo com os locais em que serão aplicadas as provas. 

Acesse aqui o local de provas

Ao todo, o PAS 2018 da UEM recebeu 27.705 inscrições. São 14.454 para a primeira etapa, 9.185 para a segunda e 4.066 para a terceira.

No caso das inscrições para a última etapa, o curso mais concorrido é o de Medicina, que registrou 45,7 candidatos por vaga. Em seguida aparecem as graduações de Odontologia e Enfermagem, com 18,2 e 16,3 inscrições por vaga oferecida.

Veja a concorrência da terceira etapa do PAS 2018

As provas do PAS 2018 estão marcadas para o dia 25 de novembro e contará com 40 questões objetivas sobre as disciplinas do ensino médio e uma redação. Somente a terceira etapa terá a parte de conhecimentos específicos.

A avaliação será aplicada a partir das 14h, mas os inscritos devem chegar com antecedência, pois os portões serão fechados 10 minutos antes do início das provas. Será necessário estar de posse de um documento de identidade e caneta de tinta azul.

Resultado e vagas

No dia 30 de janeiro, a UEM deve libera a lista de aprovados na terceira etapa do PAS, junto com o resultado do Vestibular de Verão 2018. As demais etapas da seleção seriada terão acesso às notas em 11 de fevereiro.

A oferta é de 752 vagas em cursos de graduação. Veja mais detalhes no Edital ou no site da universidade.

Vestibular de Verão

Está em andamento também o Vestibular de Verão 2018 da UEM. Neste caso, os locais de provas serão informados no dia 9 de novembro e o exame aplicado nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, das 8h50 às 13h. 

No primeiro dia serão 40 questões objetivas, sobre as disciplinas do ensino médio. As provas do segundo dia serão compostas, além da redação, por 20 questões objetivas sobre Língua Portuguesa, Literatura e Língua Estrangeira. No último dia serão 40 questões objetivas sobre duas disciplinas específicas, conforme o curso em disputa.

Por meio de vestibular são oferecidas 1.518 oportunidades para os cursos de graduação da UEM. As vagas são para Maringá, Umuarama, Cidade Gaúcha, Goioerê, Cianorte e Ivaiporã.

A universidade reserva partes dos postos para cotistas de baixa renda que estuaram o ensino fundamental e médio na rede pública. Veja todos os detalhes no Edital do Vestibular.

https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/noticias/locais-provas-pas-2018-uem-ja-podem-ser-consultados/343714.html

Mais Artigos...