Sidebar

16
Qua, Out

z

Pelo segundo ano consecutivo a Universidade Estadual de Maringá (UEM) é a principal colocada entre as universidades paranaenses no Índice Geral de Cursos das Instituições (IGC), avaliação para as instituições de ensino superior (universidades, centros universitários e faculdades) do País, divulgado ontem pelo governo federal.

A UEM passou de 29.ª, colocação ocupada no ano passado, para 21.ª na avaliação deste ano (veja quadro) entre as 179 universidades brasileiras avaliadas. Nenhuma instituição paranaense atingiu a faixa 5, que identifica as melhores universidades do País.

Junto com a UEM, obtiveram a faixa quatro (a segunda melhor avaliação) as universidades Estadual de Londrina (UEL), Federal do Paraná (UFPR), Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Investimento em um projeto a longo prazo é o principal fator apontado pelo reitor da UEM, Décio Sperandio, para o bom desempenho da UEM. “Não tenho dúvida de que o pilar central de sustentação foi um projeto arrojado de qualificação dos nossos servidores em mestrado e doutorado. Hoje temos aproximadamente mil doutores na instituição, o que resulta em qualidade no ensino”, afirma.

Melhoria na infraestrutura dos cursos, espaço físico e equipamentos, com o apoio do governo estadual, também foram destacados pelo reitor da UEM. Hoje a instituição tem 28 cursos de mestrado, 16 de doutorado e em torno de 100 cursos de especialização.

As piores

Na outra ponta do ranking, nove instituições de ensino superior caíram na malha fina do Ministério da Educação (MEC). Todas elas ficaram na faixa 2 ou 1 no IGC do ano passado, e no deste ano a nota foi confirmada em visita feita pelo MEC. Entre elas estão duas paranaenses: as Faculdades Integradas Espírita, em Curitiba, e a Faculdade de Educação Física de Foz do Iguaçu.

Do total das instituições de ensino avaliadas, 588 ficaram na faixa 1 e 2, consideradas insuficientes. Cerca de 400 instituições com notas insuficientes já foram inspecionadas e quem está na malha fina pode ter que reduzir o número de vagas, suspender temporariamente o vestibular e até suspender em definitivo o exame.

Por meio de nota, as Faculdades Integradas Espírita informaram que “estão tomando as medidas necessárias para corrigir as fragilidades detectadas na avaliação, oportunizando o desenvolvimento de suas diversas potencialidades”.

A avaliação


O IGC 2008 é baseado no triênio 2006, 2007 e 2008 e é o indicador do MEC que considera a qualidade dos cursos de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado). O resultado final é expresso em valores contínuos (que vão de 0 a 500) e em faixas (de 1 a 5).

Para analisar a graduação, o IGC tem como base o desempenho dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o quanto o curso agrega de conhecimento ao aluno e variáveis de insumo (corpo docente e infraestrutura).

alt

alt

 

 

 

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/393874/?noticia=NENHUMA+UNIVERSIDADE+DO+PARANA+ENTRE+AS+MELHORES+DO+PAIS



  

 

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) abre hoje as inscrições para o Vestibular de Verão 2009. São 1.582 vagas em 48 cursos. A inscrição, no valor de R$ 90, pode ser feita no site www.vestibular.uem.br até o dia 21. As provas serão realizadas de 13 a 15 de dezembro, em Maringá, Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Paranavaí e Umuarama.

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/393872/?noticia=ABERTAS+AS+INSCRICOES+PARA+O+VESTIBULAR+DA+UEM

Arquivo
alt
As inscrições estão abertas para o evento que irá reunir profissionais e estudantes de educação musical do Brasil e de outros países.

As inscrições para o XVIII Congresso Nacional da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM) estão abertas e encerram-se no próximo dia 25 de setembro. Tendo como tema O ensino da música na escola: compromissos e possibilidades, o congresso será realizado de 6 a 9 de outubro em Londrina, no Paraná.

O evento vai reunir profissionais, especialistas e estudantes de educação musical do Brasil, Estados Unidos, Argentina e Costa Rica para a reflexão e o debate sobre produção científica, formação profissional, ações sociais, entre outros assuntos.

O evento é promovido pela ABEM; Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Universidade Estadual de Maringá (UEM). Dentro do congresso, será realizado também o 15º. Simpósio Paranaense de Educação Musical.

Segundo o presidente da ABEM, Sérgio Figueiredo, a associação tem participado ativamente do processo da legislação da música. “Para este ano o tema escolhido refere-se à música na educação básica, considerando os desafios e as perspectivas decorrentes da aprovação da lei 11769/2008, que trata da obrigatoriedade do conteúdo musical nas escolas. Neste evento vamos debater os diversos aspectos referentes à nova lei e sua implantação nos sistemas educacionais”, diz.

O XVIII congresso fará um panorama da educação musical no Brasil através de uma programação que inclui painéis e bate-papos temáticos, cursos, apresentações musicais, apresentação de trabalhos, lançamentos de livros, CDs e espaços específicos para o diálogo com estudantes.

Entre os convidados especiais, está a educadora musical e etnomusicóloga Patrícia Campbell, da Universidade de Washington (EUA), que ministrará o curso Educação musical nos diferentes contextos socioculturais. A programação completa e as inscrições para o congresso e para o simpósio estão no site: www.abemeducacaomusical.org.br/abem2009.

http://www.parana-online.com.br/editoria/almanaque/news/396032/?noticia=ENSINO+DA+MUSICA+E+TEMA+DE+CONGRESSO+EM+LONDRINA 

 

A Universidade Estadual de Maringá abriu edital para o concurso público que irá contratar um engenheiro agrícola para o Câmpus Regional do Arenito, em Cidade Gaúcha. Quem quiser concorrer à vaga têm até o dia 22 de setembro para se inscrever via website: www.uem.br/concurso.
O recolhimento da taxa de inscrição, no valor de R$ 85,00, pode ser efetuado até o dia 23 de setembro em qualquer agência da rede bancária ou nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa Econômica Federal. O salário base da função é de R$ 2.130,80 para uma jornada de 40 horas semanais.

http://www.parana-online.com.br/editoria/economia/news/396279/?noticia=CONCURSO+PARA+ENGENHEIRO+NA+UEM



 

A Universidade Estadual de Maringá encerra na próxima segunda-feira (21) as inscrições para o Vestibular de Verão. São 1.582 vagas distribuídas em 48 cursos de graduação. Dessas, 311 são reservadas para o Sistema de Cotas Sociais, destinado a alunos que estudaram integralmente no ensino público e que possuem renda per capita familiar inferior a 1,5 salário mínimo nacional.

Os candidatos podem optar pela nota da prova objetiva do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no cálculo do escore da Prova Um do vestibular da UEM. Para tanto, é necessário que tenha prestado um dos três últimos exames (de 2007 a 2009) e que, no processo de inscrição, informe o ano de realização e o número de inscrição no Enem.

A inscrição será exclusivamente pela internet www.vestibular.uem.br
O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 90,00, poderá ser feito até quarta-feira (23). A documentação exigida deve ser encaminhada à Comissão Central do Vestibular Unificado, pelo correio, por meio de carta registrada ou de sedex, também até o dia 23.

As provas serão de 13 a 15 de dezembro em Maringá, Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Paranavaí e Umuarama.

A UEM está oferecendo cerca de 500 inscrições gratuitas ao Vestibular de Verão de 2009. Os beneficiados são os estudantes de escolas públicas de Maringá e região. A iniciativa, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Paraná e com os Núcleos Regionais de Ensino, visa beneficiar os estudantes com melhor desempenho escolar.

Serão contemplados alunos de 151 municípios, matriculados na 3ª série do ensino médio público das escolas ligadas aos Núcleos Regionais de Ensino de Maringá, Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Goioerê, Ivaiporã, Loanda, Paranavaí, Umuarama e Pitanga.

Os alunos serão selecionados pela equipe pedagógica e pela direção do Colégio, dentre os regularmente matriculados na última série do ensino médio em 2009 e que tenham obtido o melhor desempenho escolar na 2ª série em 2008. Colégios com até 40 alunos matriculados na 3ª série indicarão apenas um aluno e os colégios com mais de 40 indicarão dois alunos.

O cadastramento dos alunos contemplados com a isenção da taxa deverá ser feito on-line pelo próprio colégio onde o aluno estuda, utilizando-se o menu do colégio disponível no site www.cvu.uem.br/colegio

A UEM lembra que para o cadastramento, até o dia 23 deste mês, é necessário que o aluno esteja inscrito no Vestibular de Verão 2009. Outras informações podem ser obtidas na Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU) da UEM, pelo telefone (44) 3261-4450, ou por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/397754/?noticia=UEM+ENCERRA+INSCRICOES+PARA+VESTIBULAR+AMANHA

Mais Artigos...