Sidebar

20
Dom, Out

Paraná On-line
Tools

Verba será aplicada para melhorar a infraestrutura das instituições.

O governador Beto Richa autorizou nesta quarta-feira (15) a liberação de R$ 34,16 milhões para obras de melhoria da infraestrutura nas sete universidades estaduais do Paraná.

O repasse é proveniente do Fundo Paraná, formado por 2% da receita tributária do Estado. “É mais uma demonstração do compromisso do governo pela busca de uma educação pública de qualidade”, afirmou Richa.

Os recursos serão distribuídos da seguinte forma: Universidade Estadual de Londrina (UEL) - R$ 6 milhões; Universidade Estadual de Maringá (UEM) - R$ 6 milhões; Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) - R$ 7,160 milhões; Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) - R$ 6 milhões; Universidade do Centro do Paraná (Unicentro) - R$ 3 milhões; Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) - R$ 3 milhões; e Universidade Estadual do Paraná (Unespar) - R$ 3 milhões.

Duas universidades já detalharam os projetos que receberão recursos. Na Unioeste, R$ 4 milhões serão investidos na infraestrutura do curso de Medicina em Francisco Beltrão. Do valor total, R$ 2,4 milhões estão liberados para a construção da primeira etapa do prédio do curso e outros R$ 1,6 milhão para a aquisição de equipamentos.

Os R$ 6 milhões repassados para a UEPG serão utilizados na construção da Biblioteca Central da universidade, no Campus Uvaranas. Com o recurso, será edificada a primeira etapa da obra, projetada três mil metros quadrados.

O projeto contempla a construção de acervo bibliográfico, duas salas de leitura e pesquisa em mídia eletrônica, área de atendimento, áreas de apoio e infraestrutura, setor administrativo e de catalogação, e sala de reuniões e atividades gerais. Na segunda etapa, será construído o auditório e galeria de artes.

O reitor da UEPG, João Carlos Gomes, informou que o processo licitatório será ainda neste ano e as obras devem ser entregues até 2014. Ele acrescentou que a construção do prédio próprio da biblioteca é uma das maiores conquistas da comunidade universitária.

“Mais do que uma estrutura física, o novo espaço será de fato o ponto de encontro da comunidade universitária, com amplas áreas de leitura e convivência”, completa.

Medicina

Richa ainda autorizou a realização de concurso para a contratação de 62 professores universitários para o Curso de Medicina da UEPG. A previsão é que as provas sejam realizadas em novembro e a contratação dos profissionais em 2013. As vagas atenderão disciplinas curriculares dos 5º e 6º anos do curso.

O governador lembrou que neste ano já foram nomeados 55 profissionais para a instituição, sendo 14 professores para o Curso de Medicina e outros 41 docentes e 10 agentes universitários para diversos departamentos. “As contratações completarão o quadro de professores do curso atendendo a demanda e tranquilizando os alunos”, afirmou Richa.

Saúde

O governador também autorizou a nomeação de 277 servidores para o Hospital Regional Wallace Thadeu de Melo e Silva, em Ponta Grossa. Os profissionais foram aprovados em concurso público realizado pela Secretaria de Estado da Saúde. O investimento mensal para as contratações será de R$ 665,5 milhões.

“Os novos profissionais vão promover a melhoria do atendimento na área da saúde para toda a população de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais”, destacou Richa. Os novos servidores públicos atuaram nos cargos de agente profissional, agente de execução e agente de apoio. O hospital regional conta com parceria da UEPG.

Recursos

O Fundo Paraná é formado por 2% da receita tributária estadual. Por lei, os recursos são distribuídos até o limite de 50% a programas e projetos estratégicos de órgãos e entidades públicas e privadas.

Outros 30% podem ser usados pela Fundação Araucária, para o fomento a projetos individuais de pesquisa científica, à formação de recursos humanos e à instalação de instituições científicas públicas e privadas. Até 20% são aplicados no Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) para a certificação de produtos e o apoio a projetos de desenvolvimento tecnológico.

Participaram da reunião o secretário chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Sebastiani; o diretor-geral da Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Sérgio de Jesus Vieira; e o deputado estadual Marcelo Rangel.

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/622594/?noticia=LIBERADOS+R+34+MI+PARA+OBRAS+EM+UNIVERSIDADES