Sidebar

06
Qui, Ago

Gazeta do Povo
Tools

Centenas de santinhos amanheceram espalhados na entrada do maior colégio eleitoral de Maringá e segundo do Paraná, a Universidade Estadual de Maringá (UEM) neste domingo (7) de eleições.

Os folhetos de diversos candidatos estavam jogados nos gramados, calçadas e ruas. Propagandas em vias e logradouros públicos são ilegais e a pessoa responsável poderá pagar uma multa entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Lei

A veiculação de propaganda eleitoral por meio impresso só era permitida até as 22 horas de sábado (6). Mesmo assim, vias públicas foram sujas de santinhos durante a madrugada em Maringá.

No dia da eleição, divulgar qualquer propaganda de partidos ou candidatos é crime e a pena é de detenção de seis meses a um ano e pagamento de multas que podem variar entre R$ 2 mil e R$ 15,9 mil.

Prefeitura faz mutirão para limpar cidade da “chuva de santinhos”

A Prefeitura de Maringá informou que iria disponibilizar 500 servidores para trabalharem neste domingo (7). Boa parte deles deve atuar para manter a cidade limpa de propaganda eleitoral irregular. A medida atende a uma solicitação do Fórum Eleitoral.

O serviço de limpeza deverá seguir até as 18 horas deste domingo (7), quando quatro equipes do setor de varrição da Secretaria de Serviços Públicos ficarão à disposição para recolher todo o material de divulgação de campanha.

Neste período, a Guarda Municipal ficará responsável por fiscalizar a atuação de pessoas que possam jogar “santinhos” próximos aos locais de votação. Responsáveis por propaganda irregular e por sujar as vias públicas poderão responder por crime eleitoral.

http://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/conteudo.phtml?tl=1&id=1305011&tit=UEM-amanhece-com-santinhos-espalhados-em-gramados-calcadas-e-ruas