Sidebar

24
Dom, Jan

O Departamento de Engenharia Mecânica, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), abre vagas para a segunda turma do Curso de Especialização em Tecnologia Mecânica do Setor Sucroalcooleiro. A iniciativa conta com a parceria e o patrocínio do Grupo Usina Santa Terezinha. Cada aluno será beneficiado com uma bolsa de estágio, de R$ 1.800,00. As inscrições vão até 17 de setembro e devem ser feitas pela Internet. A ficha de inscrição e todas as informações necessárias estão no endereço www.dem.uem.br/especializacao.
O curso lato sensu tem como objetivo aprimorar e oferecer capacitação técnica para engenheiros mecânicos, de produção, agrícola, de materiais, químicos, de automação e tecnólogos de manutenção industrial para atuarem em usinas de açúcar e álcool, possibilitando o aprendizado prático e teórico. A especialização é aberta a profissionais com até 3 anos de formados e terá duração de 12 meses. Durante este período, os alunos ficarão alocados nas unidades do Grupo Usina Santa Terezinha, onde farão estágio em período integral, com direito à moradia e a refeições cedidas pela empresa.
São oferecidas 9 vagas. Os candidatos terão seus currículos avaliados por uma comissão julgadora formada por professores do curso de Engenharia Mecânica da UEM e por profissionais do Grupo Usina Santa Terezinha. Os candidatos deverão fazer o exame de seleção. 

http://www.ilustrado.com.br/2011/ExibeNoticia.aspx?Not=Engenharia%20Mec%C3%A2nica%20da%20UEM%20oferece%20curso%20de%20especializa%C3%A7%C3%A3o%20com%20bolsa&NotID=29826

Umuarama - As inscrições para o Vestibular de Verão 2012 da Universidade Estadual de Maringá começam nesta segunda-feira, dia 27, e terminam em 17 de setembro. Elas devem ser feitas pelo site www.vestibular.uem.br. Para os interessados que não dispõem de computador ou de acesso à internet, a UEM disponibiliza, gratuitamente, computadores e impressora para tal finalidade, durante o período de inscrição, em Maringá, na Central de Inscrições (anexa ao Bloco 28), de segunda a sexta-feira (exceto sábados, domingos e feriados), das 10 às 18 horas. O pagamento da taxa no valor de R$ 90,00 e o envio da documentação exigida devem ser feitos até 19 de setembro.
O candidato deve acompanhar, pela internet, a situação da sua inscrição (recebimento, pela UEM, da taxa de inscrição e da documentação), acessando o Menu do Candidato. A UEM não envia correspondência ao candidato informando a situação da inscrição. No dia 11 de outubro, será publicada no site a relação das inscrições não homologadas. A partir de 19 de novembro de 2012, o candidato deverá consultar o seu local de provas na internet, acessando o Menu do Candidato. A UEM não enviará correspondência ao candidato informando o local de provas.
As provas serão realizadas de 9 a 11 de dezembro, das 8h50 às 13 horas, em Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama. Os candidatos disputam 1.514 vagas (286 para cotas sociais). O resultado será divulgado no dia 4 de janeiro de 2013, às 10 horas, no site www.vestibular.uem.br. A matrícula dos candidatos aprovados no limite das vagas no Vestibular de Inverno/2012 e no Vestibular de Verão/2012 será realizada de 5 a 7 de janeiro de 2013, exclusivamente pela internet, em www.daa.uem.br. O início das aulas será em fevereiro de 2013.
PAS
As inscrições para o Processo de Avaliação Seriada, destinado aos alunos das três séries do ensino médio, também serão aceitas de 27 deste mês a 17 de setembro no site www.pas.uem.br. O pagamento da taxa e o envio da documentação exigida devem ser feitos até 19 de setembro. As provas serão realizadas em 18 de novembro de 2012, das 13h50 às 19 horas, nas seguintes cidades do Paraná: Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Curitiba, Diamante do Norte, Goioerê, Ivaiporã, Loanda, Londrina, Maringá, Paiçandu, Paranavaí, Pitanga, Sarandi e Umuarama. Para os alunos da terceira etapa que concorrem ao curso de Música, haverá prova de habilidade específica. O resultado será divulgado no dia 4 de janeiro. Os aprovados da terceira etapa deverão efetuar a matrícula de 5 a 7 de janeiro. Outras informações pelo fone (44) 3011-4450 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Isenção

Os pedidos para a isenção da taxa do Vestibular de Verão e do Processo de Avaliação Seriada (PAS) 2012 da UEM deverão ser protocolados a partir do próximo dia 27. Os formulários de requerimento serão distribuídos até dia 29 deste mês na Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU), Bloco 28 do câmpus sede, e nas secretarias dos câmpus regionais. Os pedidos serão recebidos de 27 a 29 deste mês. A análise dos requerimentos será feita de 30 deste mês a 6 de setembro. O resultado será divulgado no dia 14 de setembro. Os beneficiados deverão se inscrever no vestibular ou PAS de 20 a 24 de setembro.

http://www.ilustrado.com.br/2011/ExibeNoticia.aspx?Not=Inscri%C3%A7%C3%B5es%20para%20vestibular%20e%20PAS%20da%20UEM%20come%C3%A7am%20nesta%20segunda-feira&NotID=29426 

 


Umuarama - Após visita ao campus regional de Umuarama da Universidade Estadual de Maringá (UEM), o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Santo Leal Neto, acenou com possíveis melhorias para a unidade de ensino superior. Segundo Neto, a visita foi uma promessa firmada com os alunos e professores da universidade. No mês de julho os alunos do campus de Umuarama foram às ruas pedindo melhorias nas instalações e a efetivação de professores.
Acompanhado do deputado federal Osmar Serraglio e do diretor do campus, Osvaldo Joaquim dos Santos, o secretário elogiou o desempenho dos alunos e professores na universidade de Umuarama, comparando com estrutura precária oferecida. “Recebo os resultados do campus no meu gabinete e estou surpreso, pois com tão pouco eles fazem muito”, diz.
O secretário se posicionou com possíveis melhorias no campus de Umuarama e pediu para o diretor uma lista de prioridades. “Vamos investir aqui em Umuarama. Como primeiro passo, pedi para diretor Osvaldo um programa emergencial para informar as necessidades primárias. Assim começaremos a realizar melhorias, como reformas, pinturas e reparos. Chega de miséria! Não vamos ter luxo e nem abundância de recursos, mas vamos melhorar o ambiente, fazer o refeitório e melhorar as condições de ensino”, garantiu.
Já o deputado federal Osmar Serraglio, como faz todos os anos, se propôs colocar emenda federal individual para aquisição de novos materiais e equipamentos. Segundo sua assessoria, o deputado e vice-líder do governo federal está pleiteando junto ao Governo Estadual as melhorias necessários para a instituição de ensino. “O secretário se colocou favorável às melhorias no campus regional de Umuarama. Da minha parte vou colocar emenda individual para trazer verbas para a instituição de ensino”, informa.
Para o professor Osvaldo a visita foi positiva, devido a posição do secretário para com a instituição. “O secretário conheceu a realidade do nosso campus. Percebeu nossas necessidades e mostrou-se favorável às nossas reivindicações. A visita foi excelente”, contou.
Na oportunidade o diretor enfatizou a necessidade da construção de um novo prédio para suprir as novas turmas. “Precisamos crescer verticalmente para suportar o crescimento das turmas. Para isso estamos montando um projeto visando a construção de um prédio de cindo andares. A proposta é incluir essa construção no orçamento do Estado no próximo ano. Além disso, o refeitório universitário já está em fase de licitação”, argumentou.
O professor ainda argumentou que com a união do secretário de Estado, Alípio Santo Leal Neto e o deputado federal, Osmar Serraglio, o campus de Umuarama ganhará. “Todo ano o deputado Serraglio empenha emenda individual para comprarmos equipamentos e com a parceria do Estado, vamos melhorar a estrutura física. Tirando as questões burocráticas, a UEM/Umuarama terá uma grande estrutura”, finaliza.
 

Nova proposta

O secretário Alípio Santo Leal Neto confidenciou, em conversa com professores e deputado, que o Governo do Estado está idealizando a formatação de sete pólos de pesquisa e desenvolvimento em todo Paraná e a UEM de Umuarama será contemplado com essa estrutura. “Estamos investimento para alavancar o desenvolvimento do estado. Esse projeto dos pólos, queremos implementar esse ano para ser lançado ano que vem. É um programa do Estado para nossas Universidade Estaduais, com investimento em ensino, pesquisa e extensão, serão parques tecnológicos. O objetivo é reunir todos os ativos para organizar um plano de desenvolvimento. E a UEM de Umuarama será um desses pólos”, ressaltou.

http://www.ilustrado.com.br/2011/ExibeNoticia.aspx?Not=Secret%C3%A1rio%20Al%C3%ADpio%20acena%20com%20melhorias%20no%20Campus%20Regional%20da%20UEM/Umuarama&NotID=29558 

 

Umuarama - Em assembléia realizada ontem, os professores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) entraram em greve até o governador sancionar o projeto de lei que concede a equiparação salarial dos docentes. A proposta foi aprovada pela maioria dos 300 professores que participaram da reunião, liderada pela Seção Sindical dos Docentes da UEM (Sesduem). No campus regional de Umuarama o funcionamento era normal até a tarde de ontem. Em Maringá, cerca de 10 mil alunos ficaram sem aulas.
O Comando Estadual da Greve se reuniu com o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Ademar Traiano, que se comprometeu a mediar à negociação com o governo e a conduzir a aprovação do Projeto de Lei em caráter de urgência: “Até quarta-feira (22/8) aprovaremos o Projeto de Lei e encaminharemos para a sanção do governador”. A ideia é transformar a sessão plenária da Alep em Comissão Geral e tramitar o projeto em três dias.
Perguntado sobre o pagamento da parcela de 7,14% em outubro, o deputado Traiano firmou compromisso: “Há entendimento no governo de garantir a equiparação salarial docente e em outubro efetuar o pagamento da primeira parcela”. Considerando a aprovação e sanção do Projeto de Lei até o final desta semana, os membros do Comando de Greve esclareceram ao deputado Traiano que as assembleias docentes apreciarão a suspensão da greve também no final desta semana.
O projeto que concede aumento aos professores foi lido no expediente da sessão da Assembleia Legislativa na última segunda-feira (20). Com isso espera-se que a votação final ocorra hoje e a proposta deve ser sancionada pelo governador na quinta-feira (23).
Greves
Além da UEM, a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) está com as atividades paralisadas desde a última sexta-feira (17). A Unioeste (Cascavel) também deflagrou greve. Na Unicentro (Guarapuava) a decisão deve ocorrer na quinta-feira e na UEL (Londrina) no dia 3 de setembro. Esta é a primeira vez, em mais de 10 anos, que os professores das universidades estaduais do Paraná entram em greve. 

 http://www.ilustrado.com.br/2011/ExibeNoticia.aspx?Not=Greve%20para%20a%20UEM%20na%20cidade%20de%20Maring%C3%A1,%20%20mas%20n%C3%A3o%20atinge%20campus%20de%20Umuarama&NotID=29212


Umuarama - A Universidade Estadual de Maringá (UEM) receberá, ainda neste ano, R$ 6 milhões do governo do Estado para a continuidade das obras na instituição. O valor do repasse, a título de infra-estrutura, foi decidido, na semana passada, durante reunião do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais (Cruep), que é presidido pelo secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal.
Lembrando que, no ano passado, a UEM recebeu R$ 5 milhões para a infra-estrutura, o reitor Júlio Santiago Prates Filho disse que os recursos a serem repassados em 2012 irão proporcionar “um grande avanço” nas obras em andamento.
Ele salientou que a verba destinada à melhoria do ensino superior é uma das prioridades definidas pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia.
Além desta questão, o Cruep discutiu algumas ações que os reitores farão junto ao governo para que seja encaminhado para a Assembléia Legislativa o projeto visando à equiparação salarial da carreira dos docentes das universidades.
Os reitores também discutiram a carreira dos agentes universitários e conheceram a nova sugestão de tabela salarial para a carreira desta categoria apresentada pelo governo. A proposta seria apresentada, nesta tarde, para os representantes dos sindicatos dos agentes universitários das universidades estaduais paranaenses.
Outro assunto em pauta na reunião do Cruep foi a mobilidade docente nas IES paranaenses. Um convênio foi assinado para que os professores possam ter a mobilidade nas instituições estaduais e federais de ensino superior no Estado.

http://www.ilustrado.com.br/2011/ExibeNoticia.aspx?Not=UEM%20receber%C3%A1%20R$%206%20milh%C3%B5es%20para%20continuar%20obras%20em%202012&NotID=28727 

Mais Artigos...