Sidebar

24
Seg, Jun

Influenciada diretamente pelo clima, a agricultura hoje conta com recursos tecnológicos para não ser surpreendido na hora do plantio e colheita. Em Umuarama, o campus fazenda da Universidade Estadual de Maringá (UEM) conquistou uma destas tecnologias, que apoiará os agricultores locais e da região.

Segundo o professor do curso de Agronomia da UEM, João Paulo Francisco, em meados de abril o campus fazenda da universidade finalizou a instalação de uma moderna estação meteorológica, que já está oferecendo dados para a comunidade. A unidade coleta dados de temperatura, umidade, radiação solar, vento, precipitação e o objetivo é levar informação para os agricultores e desta forma auxiliar na tomada de decisão e futuramente no planejamento agrícola.

“Conseguimos essa estação meteorológica por meio do projeto do professor do núcleo de Agronomia da UEM de Maringá, Marcos Rafael Nanni. O equipamento foi adquirido com o intuito de estabelecer uma rede de coleta de dados atmosféricos do Noroeste do estado do Paraná. A ideia é a instalação de duas estações como essa torre e mais oito estações de médio porte. Tudo isso para alimentar um banco de dados e gerar modelos locais mais precisos que os atualmente utilizados”, explicou o professor Francisco.

Ainda conforme o professor, os equipamentos foram adquiridos pelo edital da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e os dados da estação meteorológica podem ser coletados pela comunidade no site: http://www.dca.uem.br/1clima.htm. “Com essas informações o agricultor pode melhorar sua tomada de decisão, que seria, identificar o melhor momento para o plantio, prática de irrigação e controle de doenças”, explicou.

Planejamento agrícola

Na próxima semana, a UEM receberá mais um equipamento para dinamizar a coleta de dados da estação meteorológica e com o passar dos meses e a formatação de um banco de dados (série histórica), a universidade poderá fornecer informações ao produtor rural para qualificar um planejamento agrícola. “Conseguimos fazer o balanço hídrico daquela região e saber se o solo está com umidade propícia ou não para o desenvolvimento da cultura. Esses dados meteorológicos se tornam uma ferramenta para os produtores buscarem melhor produtividade na lavoura”, disse João Paulo.

“Com a série histórica conseguimos fazer o planejamento agrícola, ou seja, saber a melhor época de plantio de uma determinada cultura. Os dados meteorológicos têm essas duas funções: tomada de decisão e planejamento agrícola”, explicou.

SEGUNDA FASE

Com a instalação da estação meteorológica e o início da coleta de dados o projeto segue para uma segunda fase, que será levar as informações para o produtor rural de Umuarama e região. Neste ponto o professor João Paulo explica, que os números fornecidos pelos sensores da estação seriam convertidos em significado. “Queremos mostrar pra eles como cada elemento meteorológico vai influenciar na propriedade dele. Vamos mostrar como ler esses números”, noticiou.

Outra proposta do projeto é a construção de um aplicativo de smartphone, no qual, o agricultor pudesse fornecer os números climatológicos e consecutivamente, o software disponibilizar informação, como se está no momento da irrigação ou plantio.

https://ilustrado.com.br/estacao-meteorologica-da-uem-vai-beneficiar-planejamento-dos-agricultores/

Ter a oportunidade de resgatar o sentimento de tratar com a terra e os alimentos, além de se sentir útil e integrado a sociedade. Foi seguindo esta visão, que a Universidade Estadual de Maringá (UEM) – campus Umuarama – junto com o Lar São Vicente de Paulo idealizaram um projeto de convivência e assistência para os idosos da instituição.

Na ação os envolvidos produzem hortaliças em um espaço destinado as hortas dentro da UEM. A ideia, conforme o professor do curso de Agronomia da UEM, Rerison Catarino da Hora, é promover uma atividade que minimize as possibilidades da entrada da depressão na vida desses idosos.

“O Lar São Vicente de Paulo entrou em contato com a Universidade, pois perceberam que alguns idosos com capacidade laboral estavam entrando em processo de depressão. Mas como na instituição não havia um local destinado para hortas, estamos trazendo os idosos para o ambiente da universidade”, contou.

Na UEM, oito idosos estão plantando e colhendo junto com os alunos do 4º ano de Agronomia. “Os estudantes contam com a disciplina de horticultura e precisam plantar. Então, dividimos nossa horta, onde os idosos cuidam de um setor. Desta forma, também existe a interação entre as idades, dos conhecimentos e das experiências. Neste universo os idosos desenvolvem as atividades, que tanto queriam”, explicou o professor Rerison.

O projeto funciona em dois dias da semana e estão envolvidos moradores do lar de 66 anos até 84 anos. “Tudo que é produzido pelos idosos eles levam para o Lar São Vicente, que também serve de alimento para os demais moradores da instituição. São mais de cinco espécies de hortaliças que eles estão produzindo com muita alegria”, disse Catarino.

RETORNO AS ORIGENS

João Pastres de 84 anos

A assistente social do Lar São Vicente de Paulo, Ana Marcela Genaro, contou que nos 40 dias do contato dos idosos com a horta e os universitários já foram notadas mudanças. “A troca de experiências, a autonomia e esse contato com a terra percebemos os idosos mais ativos, mais alegres e consecutivamente saudáveis. Eles estão sorrindo, estão felizes”, ressaltou.

Com um vigor invejável João Pastres, de 84 anos, sorri ao falar do programa. “Aqui é muito bom e gostoso. Ficar parado é só comer e dormir, eu gosto é de trabalha. Mato saudade de quando eu trabalhava na roça, quando meu pai me ensinou a lidar com as plantas”, exclamou.

Anésio Carabia, 66 anos, contou que voltou a ser “gente” depois que iniciou o trabalho na horta. “Aqui eu esqueço das amarguras da vida, pois vida de hospital só traz amargura. Eu lembro de quando eu trabalhava na roça, no sítio perto de Perobal” noticiou.

https://ilustrado.com.br/parceria-entre-uem-e-lar-sao-vicente-de-paulo-devolve-a-alegria-para-idosos/

Cruzeiro do Oeste - Nesta semana pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) estiveram em Cruzeiro do Oeste para estudar a geologia do sítio Paleontológico de Cruzeiro do Oeste, encontrados no Município de Cruzeiro do Oeste. Eles foram recebidos pela Direção do Museu e do Laboratório de paleontologia, Neurides Martins.

Leia mais...

Umuarama - A Universidade Estadual de Maringá decidiu a nova gestão em segundo turno, realizado nesta segunda-feira. O resultado foi divulgado ontem.  Foi vencedora a chapa 2 , Atuar e Mudar. O novo reitor é o professor Mauro Luciano Baesso e o novo vice-reitor é o docente Julio César Damasceno. Eles disputaram as eleições contra a chapa 4, Universidade Pública Sempre: novos desafios, formada pelos professores Décio Sperandio e Sandra Marisa Pelloso.Do total de votos válidos, a chapa 2 obteve 755 votos dos docentes, 3.271 dos estudantes e 945 dos agentes universitários técnicos, totalizando 4.971 votos. A chapa 4 recebeu 545 votos dos professores, 1.123 dos alunos e 846 dos técnicos, totalizando 2.514 votos. Votos brancos foram 24 e nulos, 82.Como a UEM adota o sistema de peso 70% para docentes, 15 para acadêmicos e 15% para técnicos, o resultado final registrou 59,05% para a chapa 2 e 39,74% para a chapa 4.O colégio eleitoral teve uma ligeira redução, já que não é permitida a inclusão, somente a exclusão de eleitores. No segundo turno, ele foi formado por 23.796 alunos de graduação, pós-graduação e ensino a distância, 1.614 docentes e 2.570 agentes universitários. Desses votaram, 1.310 docentes, 4.416 alunos e 1.865 técnicos, totalizando 7.591 votantes.A reunião do Conselho Universitário para indicar a lista para escolha de reitor e vice-reitor será em 8 de setembro. A solenidade de posse está marcada para 10 de outubro.MONTAR EQUIPEPara o novo reitor Mauro Baesso, o resultado foi um processo democrático de escolha, no qual, a comunidade universitária entendeu que é um momento de ter uma administração diferente da Universidade. “Estamos muito contentes. Vamos agora montar a equipe e assumir a Reitoria a partir de 10 de outubro”. Baesso comenta que a vitória representa uma mudança. “Defendemos, durante a campanha, que a Universidade pode ser gerenciada de uma outra forma. Estamos falando de uma universidade que está entre as 20 melhores do País, com reconhecimento internacional em muitas áreas. Fizemos uma campanha com foco para graduação, que podemos melhorar a graduação porque queremos formar não só o técnico na área escolhida pelo aluno, mas formar principalmente um cidadão, com uma formação de cultura e ética tanto moral quanto profissional”.“O resultado revela uma intenção da comunidade universitária, como um todo, de ter uma mudança na gestão da Universidade. É com esse espírito que vamos assumir a Reitoria e trabalhar para a UEM nos próximos quatro anos.Temos que já começar a trabalhar, montar equipe, fazer um processo de transição com a atual Reitoria, se eles concordarem, para poder já começar a funcionar na nossa gestão a partir de 10 de outubro”. Finalizando destacou que o apoio dos professores Mário Azevedo e Mauro Ravagnani, que disputaram o primeiro turno, “fortaleceu nossa candidatura e, por isso, chegamos nesse resultado eleitoral”.TRABALHO EM EQUIPEO novo vice-reitor Júlio Damasceno lembrou que “o resultado foi fruto de trabalho de equipe que vem se reunindo já há quase dois anos, discutindo a universidade, consequentemente, tivemos um subsídio muito importante para a construção de um plano de trabalho. Foi um plano de trabalho que encontrou ressonância na comunidade universitária. E as pessoas que nos apoiaram passaram credibilidade para a comunidade universitária. 59% é uma votação expressiva tratando de adversários de muita qualidade. E isso só vem a valorizar a vitória que tivemos e nos traz muita responsabilidade. Estamos muito animados e trabalharemos com muita seriedade e esperamos com o apoio da comunidade”. 

http://www.ilustrado.com.br/jornal/ExibeNoticia.aspx?Not=Chapa%202%20venceu%20a%20elei%C3%A7%C3%A3o%20para%20reitoria%20da%20Universidade%20Estadual%20de%20Maring%C3%A1&NotID=59577 

Umuarama - Gabriele Faria Barreto estampa um sorriso próprio de quem acaba de receber uma ótima notícia. No caso dela, a boa nova veio ao ver seu nome na lista dos aprovados em Medicina pela Universidade Estadual de Maringá, que publicou, ontem pela manhã, o resultado do Vestibular de Inverno 2014. Felicidade maior ainda foi ver que seu score de 576,5 pontos é o maior do concurso. “Eu até esperava ser aprovada, mas quase não acreditei que obtive a maior pontuação do Vestibular da UEM. Chorei de emoção”, confessa ela.
Gabriele tem 18 anos, é natural de Nova Monte Verde, Mato Grosso, mas mora em Maringá, com a irmã, já há quatro anos. Ela veio para cursar o ensino médio e desde o segundo ano presta vestibular na UEM.
A lista dos aprovados foi divulgada pela Comissão Central do Vestibular da UEM (CVU) às 10 horas de ontem e está disponível para consulta no site www.vestibular.uem.br. Segundo dados da CVU, as três maiores pontuações são de candidatos de Medicina, a quarta é de um vestibulando de Direito Matutino. Outro dado interessante é que das 13 vagas ofertadas pela concorrência geral no curso de Medicina, dez foram preenchidas por candidatos de Maringá. E as três vagas de cotistas estão distribuídas entre candidatos de Apucarana, Londrina e Maringá.
O presidente da CVU, Emerson Arnault de Toledo, destaca que das 15.697 redações corrigidas, 2,7% obtiveram nota zero e a maior pontuação foi 117.
Um levantamento sobre o perfil dos 1.488 aprovados neste concurso aponta que 52,7% são mulheres e 84,7% residem no Paraná, dos quais 38,8% são de Maringá. “Considerando a totalidade dos 20.157 inscritos, o índice dos residentes no Paraná é menor, 76,4”, salienta Toledo.
A maioria dos aprovados (47,7%) cursou o ensino fundamental integralmente em escola pública. Já no ensino médio a maior parcela (47,7%) cursou integralmente em escola particular. Mas o índice dos candidatos que iniciaram e concluíram o ensino médio em escola pública é alto: 44,8%.
A matrícula dos candidatos aprovados no limite deverá ser efetivada de 13 a 15 de janeiro do próximo ano, exclusivamente pela internet, no site da Diretoria de Assuntos Acadêmicos (DAA), que publica o edital de vagas de segunda chamada no dia 30 de janeiro. O início das aulas será em fevereiro de 2015.
Confira a seguir a lista dos aprovados nos campi de Umuarama, Cianorte, Cidade Gaúcha e Goioerê.
NOME DO CANDIDATO

AGRONOMIA (INTEGRAL-UMUARAMA)

ABEB BARBOSA DE MORAIS
ADDHAR CESAR HARAGUCHI ROVERON
AMANDA SAYURI SENA
BRAYAN GILVAN GIL PRÉCOMA
DANIAN BRUNETTA
FELIPPE CARLO A. FORMIGHIERI
FILIPE REBUSSI GARCIA LOPES
GABRIEL REDIVO
JAMILA SUEMILY PIXAQUE
JOAO RODOLFO MILANI FAQUINELLI
JULIA CAROLINA WEIZENMANN
LAISA BARBOSA GRIGGIO
MATHEUS MARQUEZ MACEDA
PEDRO HENRIQUE DE ANDRADE
PEDRO PASTRE SPONACHIADO
RENAN SOUZA DE SYLLOS


ENGENHARIA AMBIENTAL (INTEGRAL-UMUARAMA)

ALEX ZURCHETTI
AMANDA COSTA CUSTÓDIO
BRUNA LUCILA BAIDEK BACH
GABRIEL HOFFMANN MAZETTO
GIOVANI GOLDONI PETROLINI
GISELE RUIZ DA SILVA
GUILHERME EMANUEL DE Q. SOUZA
HANIEL CASALVARA
MARCELA NOGUEIRA TAKAKI
MARINA ELLEN GIACOMELLI
NINA DESENNE SASAKI
RAFAELA GAMBA PIMENTEL
RENATA BUFOLLO RODRIGUES
SABRINA DE OLIVEIRA M. ARRUDA
VITOR DE AFONSECA E SILVA
VITÓRIA OLIVEIRA FURINI

ENGENHARIA CIVIL (INTEGRAL-UMUARAMA)

ANA CLAUDIA CALOI ZANON
ANDRÉ LUÍS BONADIO STRAIOTO
ANDREA DA COSTA GREFF
BÁRBARA HELEN DE MELLO
EDUARDA SANTOS MACEDO
HENRIQUE AUGUSTO FIORI DA SILVA
LISANDRA ROHLING
LUCAS MANOEL FERNANDES MAIORAL
MAGNO DANTAS AGOSTINI
MARIA CAROLINA DE RE MOTTA
MATEUS HENRIQUE RODRIGUES REDE
PAULO VITOR MAZIA
RAFAEL CORDEIRO MACHADO
RAPHAEL QUADROS DA SILVA
THAIS GUMS DOMINGOS
VICTOR DE MELO CRUZ

ENGENHARIA DE ALIMENTOS (INTEGRAL-UMUARAMA)

ANGELA SAYURI MARUYAMA TAKEDA
ARIELLI JULIANE NERES COSTA
BRUNO YUKIO KAWAKAMI
CHRISLAYNE PAIS VOLLBRECHT
DANIELE LIMA DE A. GUILHERME
FERNANDA OYAMA DE OLIVEIRA
GABRIELA HITOMI OHARA
GRAZIELA DOS SANTOS LOPES KEMPKA
KARINA HISSAE SEKINE
LAURA MARIA SOARES BETINELI
LETÍCIA BERNARDINA ALVES
LETÍCIA LUMI MATSUI
LUCIANO ALEX TEIXEIRA FILHO
MICHELI MAYUMI UMEZAWA
PEDRO HENRIQUE ALVES
THALITA ELAINE GRABER

MEDICINA VETERINÁRIA (INTEGRAL-UMUARAMA)

AMANDA LEILA DOS SANTOS
ANA CAROLINA HORTA
ANA CAROLINA MIYAI DE OLIVEIRA
ANA PAULA DE CAMARGO
ANDRÉ RUFATO DELGADO
BRUNA CAROLINA MARQUARDT
DANILLO PRECHLAK DE SOUZA
DEBORAH CAROLINE SEPÚLVEDA DIAS
DENISE AYUMI OSHIQUIRI
GABRIEL HENRIQUE GUIMARÃES
INGRIDY LARISSA TAROZZO
KARINA OLIVEIRA SANTOS
KATUANE REGINA S. GABIATO
LUIZ HENRIQUE BACH DOTTA
MARIANA ASSUEIRO CARNEIRO
NATÁLIA PRADO TORRES

TECNOLOGIA EM ALIMENTOS (NOTURNO-UMUARAMA)

AMANDA MIYUKI OSHIRO
CAROLINE BRUNA GANANCIO
DANIELA MARTINS N. DE OLIVEIRA
FRANCIELE DE FATIMA M. DE BRITO
JANAINA MARQUES DA SILVA
JESSICA DA MATA RIGOTO
KAROLINY DA SILVA ABELHA
THAIS SUSSAI FARIAS
VINICIUS INES

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL (NOTURNO-UMUARAMA)

AMANDA BEATRIZ CASTANHEIRA ROSA
ANA PAULA BOCHINI GARCIA
DOUGLAS AGOSTINHO
EDUARDA PATRÍCIA DE MORAES
GABRIELA APARECIDA BARBOSA
HECTHOR SHINDI KAKIHATA
IGOR RENAN CRACCO
JACKSON LEANDRO DA PAZ
JADSON GABRIEL SOUZA MACHADO
KARLLA CAROLINE FENELON DA SILVA
LAUREN NAYARA DE ARAUJO LUPPI
LUIZ FERNANDO CORREA BENECIUTI
NATALIA DANIELY DOS SANTOS
NÚBIA MARIA DE ARAUJO LUPPI
PAULO CEZAR LEAL JUNIOR
RAFAELE ALVES DE LIMA
SAULO HERMENEGILDO DE SOUSA
THAIS GOMES DE SOUZA
THAÍS MAIORANI DA SILVA

TECNOLOGIA EM MEIO AMBIENTE (NOTURNO-UMUARAMA)

ANA PAULA DE OLIVEIRA DE DEUS
CRISTINA CORREIA DA SILVA
ELAINE FERNANDES DOS S. SPLENDOR
GABRIEL RAFAIEL BERCELLINE
HERMINIO CARVALHO DOS SANTOS
LUIZ ANTONIO DE ANDRADE
MAYARA CRISTINA BARBATO
MONIELLY COLARES SILVA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS (NOTURNO-CIANORTE)

ALYSSON BARBOSA JORDÃO
ANDRESSA VALÉRIA BICUDO
ARIELE TAIRA MARCUZ
BRUNA LETÍCIA PEREIRA
GEOVANE PEDRO CALEFFI
GUSTAVO XAVIER DOS ANJOS
GUYLLIAN MIKKAELA KHEI KANASHIMA
IVAN DA SILVA JÚNIOR
JEAN CARLOS DA SILVA GROSSO
JEFERSON LUIS DA SILVA
LARISSA PEREIRA PONTALTI
TAINÁ PERRUD DA SILVA
TALITA SAMANTHA RIBEIRO
TAYNARA CAROLINA B. ANIZELL
THAIS FRANCIELI DOS SANTOS
WELLEN FÁTIMA BRAMBILA


DESIGN (INTEGRAL-CIANORTE)

AGATHA FORMIGONI CORREIA
ARTHUR HENRIQUE FERREIRA MARTINS
AUGUSTO PERON SARAIVA PINTO
BRUNO OLIVEIRA MARREGA
CAMILLE CRISTTINNE M. VACILOTO
GUILHERME DOS REIS VERONEZ
JONAS ARNONI DE ASSIS
LETÍCIA YUKO YUKIMARU
MARIA AMÉLIA FILIAR DE OLIVEIRA
MARIANA MERLAK OLECZINSK
MARIANE OKIMOTO
MARIANNE MACHADO SILVA
PIETRO LUIGI VERONA
RENAN PRADO FISCHER
RITA DE CASSIA YUMI MITUSHASI
VITOR HUGO LOPES CATARINO

MODA (MATUTINO-CIANORTE)

AMANDA PASSOS MARTINS
BEATRIZ MOREIRA DA SILVA
BEATRIZ TREVISAN MAGRI
CAMILA CHEZINI MELLOTTI
CAMILLE STARCKE LABRES
DARIO KENEDY MITTMANN BARBOSA
FABIANA RUIZ
GABRIEL HENRIQUE ALVES
HITOMI TAKAHIRA
JOÃO LUCAS LOPES
LAYLA MENDES MITCHELL
LUIS FERNANDO PEIXOTO DA SILVA
MARIA PAULA DE AQUINO LAMEZON
MARIANA MORAES LEITE
MARIANA PAULA LIMA RIBEIRO
SHAYENE CRICHYNA VITOR

PEDAGOGIA (NOTURNO-CIANORTE)

ADRIANA FERREIRA
ALAN DE SOUZA
ALINY FRANCIELLI DE M. MACHADO
ANA CAROLINA FARIAS GUIMARAES
DANYELLA FERNANDA DA SILVA
DEBORA CAMACHO ANDRADE
EDILAINE APARECIDA JORDÃO
FERNANDA APARECIDA DOS SANTOS
JULIANA FERREIRA DOS SANTOS
KATIA KAZUKO NISHIZAWA
LETICIA BONFIM DE BRITO
LETÍCIA MEIRELES DE SOUZA
NATHALIA MARIA ROMANINI
OZIEL VICENTE DE SOUZA
PAULA CAROLINE ELIZABETH COMITRE
RAQUEL SANTOS DA SILVA
RUBIANY DE SOUZA THOMAZ

ENGENHARIA AGRÍCOLA (INTEGRAL-CIDADE GAÚCHA)

AMANDA RAFAELA DE ARRUDA
ANDERSON CECCATTO
CARLOS CESAR SANPEDRO
GABRIELA GALINDO SOARES
GEOVANE NUNES BUKOWSKI
HENRI LUIZ HAUT BALDISSERA
LUÍS GUSTAVO DOS SANTOS
MARCELO CUSTODIO FIRMINO JUNIOR
MARCUS A. BONADIO MANTOVANELLI
MYRELA CANCILHERI DORNELI
NATHAN OLIVEIRA ZANOLI
NIVALDO CARLOS DA SILVA JUNIOR
RAFAEL RECH BRUSCAGIN
RODOLFO OSSAK CANDEO CAMARGO
THAYNA PEREIRA GARCIA
THIAGO FERREIRA ZENATTI


ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (NOTURNO-GOIOERÊ)

AMANDA CAROLINE VICENTE DE MOURA
AMANDA MILO ZAIA
ANNA PAULA TULLI
BRUNA TAMARA DE LIMA
CAROLINE URIAS CHALLOUTS
DANIEL NALIN
DANIELA ELIAS TARGÃO
FRANCIELI ARALDI DE CARVALHO
JÉSSICA PAULIN
LUCY CORRÊA RIBEIRO
LUÍS EDUARDO NAPOLITANO POZZA
MANUELE RIBEIRO MAMEDI S.
NATÁLIA MACEDO CARVALHO
VICTOR FELIPE BACARIN
VICTOR HUGO DE PEDER KIMURA
YURI SANTO RUGERI


ENGENHARIA TÊXTIL (INTEGRAL-GOIOERÊ)

ALANA DIAS PEREIRA
ALEX ANDRÉ GABAN RODRIGUES
ANDRESSA ALVES ORIENTE
AYESLLER DONOVAN CARVALHO
CIBELE LEITE MARSURA
CLAYTON MENDES VIEL
GABRIEL MARTINS
IVIS TOSTES RIBEIRO
JEAN LUCAS DA SILVA LUIZÃO
JORDANA DEGAN CALVE
JULIA WEILLER NOVA
LUCAS FRACISCO RABELLO
MATHEUS DE SOUZA MIGUEL
PAULO HENRIQUE LOPES JANUNZZI
THAYNARA CRISTINA GOBETE ARAUJO
VINICIUS MANTEIGA BASTOS
VITOR HENRIQUE MALAGUTTI SILVA

FÍSICA (NOTURNO-GOIOERÊ)

ANA LUISA SILVA ALVES
GABRIELA CORRÊA DE ARAUJO
GABRIELA RODRIGUES DE OLIVEIRA
GABRIELE CHOMEN COSTA
HELOÍSA ALVES DI RAIMO
JOÃO VITOR DE ALMEIDA SOARES
MATEUS DE LAI CARDOSO

LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS (NOTURNO-GOIOERÊ)

GEOVANA FERNANDA DA SILVA
JADER DA SILVA MONTEIRO
MARIANE BIANCHESSI DA SILVA
TATIANA LÉA DA SILVA

http://www.ilustrado.com.br/jornal/ExibeNoticia.aspx?NotID=58112&Not=UEM%20divulga%20lista%20dos%20aprovados%20no%20Vestibular%20de%20Inverno;%20veja%20nomes%20da%20regi%C3%A3o 

Mais Artigos...