Sidebar

13
Qua, Nov

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) aceita inscrições, a partir de 18 de março, para o curso preparatório para os interessados em prestar o vestibular para o curso de Música da instituição. Ao todo são 30 vagas. Para inscrever-se é necessário comparecer na secretaria do Departamento munido dos documentos pessoais, preencher a ficha e pagar a taxa de matrícula, no valor de R$ 30,00.

As aulas são teóricas e serão ministradas de 6 de abril a 19 de outubro, das 9 às 12 horas, no Bloco 8, onde funciona o Departamento de Música. Além da taxa de inscrição serão cobradas seis parcelas de R$ 50,00. O curso é coordenado pela professora Cássia Virgínia Coelho de Souza. Informações adicionais pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo fone 3011-4092.

https://d.odiario.com/cultura/751059/uem-oferece-curso-preparatorio-para-vestibular-de-musica

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) transferiu para segunda-feira (11) a cerimônia de abertura oficial da Semana de Integração, visando recepcionar os calouros da instituição para o ano letivo de 2019.

O mau tempo dificultou a montagem da tenda ao lado do Restaurante Universitário, onde ocorreria a solenidade na quinta-feira, 7, em dois períodos, às 11h30 e às 19 horas.

Amanhã, a abertura oficial será feita no auditório do Dacese, também em dois horários, às 8h30 e às 19h30, com a presença de representantes da Reitoria e das pró-reitorias de Ensino e de Extensão e Cultura, incluindo os diretores de Ensino de Graduação, Luciana Andréia Fondazzi Martimiano; Extensão, Breno Ferraz de Oliveira; e da Cultura, Rael Toffolo.

Quase 15 mil estudantes iniciaram as aulas na última quinta-feira, 7, na UEM, dos quais 3.111 são calouros, novos alunos aprovados nos dois últimos vestibulares e no Processo de Avaliação Seriada (PAS).

Para recepcionar estes novos ingressantes, a UEM preparou a "Semana de Integração: Calourada 2019" com uma série de atividades a serem desenvolvidas no campus sede e nos campus regionais, envolvendo rodas de conversas, palestras, apresentação dos programas e projetos institucionais da Universidade, trilha ecológica cultural, coleta de sangue, palestras e uma aula magna.

A programação em Maringá está definida e a dos demais campi será concluída nos próximos dias e disponibilizada no site do evento.

A UEM sempre repudia o trote violento que causa constrangimento físico ou psicológico às pessoas. Por isso, quem se sentir vítima deste tipo de atitude poderá entrar em contato com o disk-trote por meio do 0800 6434278.

Como fez nos anos anteriores, a instituição vai promover um concurso para premiar os melhores trotes solidários dos cursos. O edital com as regras está disponível no site da Calourada.

Dos calouros que iniciam as aulas na quinta-feira, 2.704 estão matriculados no campus-sede, 182 no Campus Regional de Umuarama (CAU), 134 no Campus Regional de Cianorte (CRC), 52 no Campus Regional de Goioerê (CRG), 27 no Campus Regional do Vale do Ivaí (CRV) e 12 no Campus do Arenito (Cidade Gaúcha). No total, somando os novos alunos e os demais são 14.841 estudantes matriculados para iniciar o ano letivo.

A organização da Calourada é da UEM, por meio das pró-reitorias de Ensino (PEN), Extensão e Cultura (PEC), Assessoria de Comunicação Social (ASC), Unitrabalho (Fundação Universitária de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE).//ASC/UEM

https://d.odiario.com/maringa/750869/abertura-oficial-da-calourada-2019-sera-amanha

Por causa da chuva, a Universidade Estadual de Maringá (UEM) transferiu para segunda-feira (11) a cerimônia de abertura oficial da Semana de Integração, visando recepcionar os calouros da instituição para o ano letivo de 2019. O mau tempo dificultou a montagem da tenda ao lado do Restaurante Universitário, onde ocorreria a solenidade nesta quinta-feira (7) em dois horários.

Na segunda-feira, a abertura oficial será feita no auditório do Dacese, também em dois horários, às 8h30 e às 19h30, com a presença de representantes da Reitoria e das pró-reitorias de Ensino e de Extensão e Cultura, incluindo os diretores de Ensino de Graduação, Luciana Andréia Fondazzi Martimiano; Extensão, Breno Ferraz de Oliveira; e da Cultura, Rael Toffolo.

Quase 15 mil estudantes iniciaram as aulas nesta quinta-feira (7), na UEM, dos quais 3.111 são calouros, novos alunos aprovados nos dois últimos vestibulares e no Processo de Avaliação Seriada (PAS).

Para recepcionar estes novos ingressantes, a UEM preparou a "Semana de Integração: calourada 2019" com uma série de atividades a serem desenvolvidas no campus sede e nos campi regionais, envolvendo rodas de conversas, palestras, apresentação dos programas e projetos institucionais da Universidade, trilha ecológica cultural, coleta de sangue, palestras e uma aula magna.

A programação em Maringá está definida e a dos demais campi será concluída nos próximos dias e disponibilizada no site do evento.

A UEM sempre vai repudiar o trote violento que causa constrangimento físico ou psicológico às pessoas. Por isso, quem se sentir vítima deste tipo de atitude poderá entrar em contato com o disk-trote por meio do 0800 6434278.

Como fez nos anos anteriores, a instituição vai promover um concurso para premiar os melhores trotes solidários dos cursos. O edital com as regras está disponível no site da Calourada.

Dos calouros que iniciam as aulas nesta quinta-feira, 2.704 estão matriculados no campus-sede, 182 no Campus Regional de Umuarama (CAU), 134 no Campus Regional de Cianorte (CRC), 52 no Campus Regional de Goioerê (CRG), 27 no Campus Regional do Vale do Ivaí (CRV) e 12 no Campus do Arenito (Cidade Gaúcha). No total, somando os novos alunos e os demais são 14.841 estudantes matriculados para iniciar o ano letivo.

A organização da Calourada é da UEM, por meio das pró-reitorias de Ensino (PEN), Extensão e Cultura (PEC), Assessoria de Comunicação Social (ASC), Unitrabalho (Fundação Universitária de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

https://d.odiario.com/maringa/750498/uem-transfere-cerimonia-da-semana-de-integracao

A Prefeitura de Maringá libera para o trânsito de veículos na próxima terça-feira, dia 12 de março, o prolongamento da Rua Cristal, que interliga as obras do contorno da Universidade Estadual de Maringá, interligando bairros das regiões norte e noroeste da cidade.

A cerimônia de entrega para o tráfego de veículos está prevista para as 18 horas no cruzamento com a Avenida Mário Clappier Urbinati, no Jardim Canadá, próximo aos blocos da UEM.

Implantada para servir de contorno da UEM a Rua Cristal - que nasce no cruzamento com a Avenida Dr. Alexandre Rasgulaeff, no Jardim Imperial II - teve seu percurso prolongado por meio da junção com a Rua Pioneiro Américo Marega, que ganhou pista duplicada desde o cruzamento com a Avenida Mário Clappier Urbinatti - no Jardim Canadá - até a Rua Dr. Miguel Zacarias, na altura do fundo de vale da Vila Progresso.

Futuramente a via será estendida até a Avenida Colombo, mas, por enquanto, fará ligação com a Avenida Mandacaru, a partir do cruzamento com a Rua Dr. Miguel Zacarias.

As obras para prolongamento da Rua Cristal tiveram custo de R$ 3,6 milhões e fazem parte do Programa de Mobilidade Urbana do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

RUA CRISTAL FOI PROLONGADA DESDE O CRUZAMENTO COM A AVENIDA MÁRIO CLAPPIER URBINATTI, NO JARDIM CANADÁ, ATÉ A RUA DR. MIGUEL ZACARIAS, NA VILA PROGRESSO
https://d.odiario.com/maringa/750287/prefeitura-libera-mais-um-trecho-do-contorno-da-uem

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) informa que houve um incêndio nas instalações dos Centros Acadêmicos de Filosofia e Ciências Sociais, no câmpus sede da Universidade, ocorrido por volta das 2 horas da madrugada deste domingo (3).

O INCÊNDIO OCORREU NAS INSTALAÇÕES QUE ABRIGA DOIS CENTROS ACADÊMICOS E AS CAUSAS AINDA NÃO SÃO CONHECIDAS. DIVULGAÇÃO/ UEM

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conteve o fogo em poucos minutos, no entanto as instalações ficaram bastante danificadas. Importante dizer que os prejuízos foram apenas materiais e não houve vítimas. Além disso, o fogo não se alastrou nem atingiu outras edificações.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas. A Reitoria informa que está instaurando uma sindicância para apurar os fatos. Um perito será indicado para avaliar possíveis danos à estrutura do prédio.

https://d.odiario.com/maringa/750045/fogo-atinge-quiosque-no-campus-da-universidade-estadual-de-maringa

Mais Artigos...