Sidebar

18
Ter, Dez

O Diário do Norte do Paraná
Tools

Dos 251 trabalhos inscritos no projeto Educação Permanente em Saúde, promovido pelo Laboratório de Inovação em Educação na Saúde, apenas 15 participaram da cerimônia de reconhecimento, realizada quarta-feira (25), no Rio de Janeiro. Uma experiência realizada em parceria pela Secretaria de Estado da Saúde e a Universidade Estadual de Maringá (UEM) foi certificada no evento.

Todos os trabalhos foram analisados em etapas pela Comissão de Avaliação, composta por representantes da Organização Pan-Americana da Saúde e Ministério da Saúde. As 31 práticas selecionadas na segunda etapa receberam a visita in loco dos representantes da comissão e, após isso, foram selecionados os 15 projetos finalistas

CERTIFICADO - O trabalho do Paraná “Empoderamento de lideranças por meio da educação profissional para estimular processos de mudança na atenção odontológica” foi um dos certificados.

Realizado em Maringá, no Noroeste do Estado, é um estudo referente ao processo de Qualificação da Gestão do Sistema Único de Saúde em Saúde Bucal, oferecendo suporte e capacitação para os profissionais e equipes da saúde.

A coordenadora estadual da Rede de Saúde Bucal, Érika Feller, comenta que não é apenas um projeto de capacitação, mas de Tutoria da Saúde Bucal. “Queremos expandir as práticas de prevenção, promoção e estraticação de risco. Para isso, é importante a confluência e harmonia do trabalho intersetorial”, diz Feller.

Até o momento, foram realizados quatro ciclos de capacitação para coordenadores de saúde bucal das Regionais de Saúde do Paraná, coordenadores municipais de saúde bucal, equipes de saúde bucal e equipes multiprofissionais. O 5º ciclo inicia em 2019 e contará com a participação dos Conselhos de Saúde e comunidade.

 

http://maringa.odiario.com/parana/2018/07/experiencia-da-saude-bucal-do-parana-e-certificada-em-evento-nacional/2506817/