O Diário do Norte do Paraná
Tools

Representantes da Fundação Araucária lançaram nesta quarta-feira, na Universidade Estadual de Maringá (UEM), o programa Universidade Sem Fronteiras Extensão Tecnológica Empresarial.

O objetivo é financiar projetos de criação e consolidação de micro e pequenos empreendimentos por meio do acesso à tecnologia. De acordo com Fernando Gimenez, diretor da Fundação Araucária, já estão disponíveis R$ 6 milhões para desenvolvimento de projetos.

As atividades econômicas prioritárias são alimentos, bebidas, artesanato, metalurgia, móveis, reciclagem e tratamento de resíduos, têxtil, vestuário, calçados, turismo, cerâmica e minerais industriais.

A previsão é que o edital seja aberto em aproximadamente 20 dias. O programa concederá recursos para custeio e bolsas para profissionais recém-formados, para orientação e para estudantes de graduação.

Além disso, procurará facilitar o financiamento em condições favorecidas para os empreendimentos atendidos.

Os projetos devem ser preferencialmente integrados em rede (arranjos produtivos locais, cooperativas, associações, organizações sociais) e promover a melhoria das condições sociais e econômicas, gerar emprego e renda nas regiões e setores atendidos.

A intenção é que eles permitam a continuidade dos empreendimentos mesmo após o fim dos projetos, que terão duração máxima de 15 meses.

As atividades dos projetos serão voltadas para incorporação de avanços tecnológicos, aconselhamento gerencial, capacitação técnica e gerencial, serviços de certificação e apoio no acesso aos mercados.