O Diário do Norte do Paraná
Tools

O Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão em Medicamentos e Cosméticos da Universidade Estadual de Maringá (Lepemc-UEM) paralisou a produção de remédios em 2007, por causa da mudança de instalações.

A retomada da produção em 2009 acontece em um cenário mais complicado: insumos cada vez mais caros por causa da disparada do dólar.

"Nossa planilha de custos, baseada nos valores de 2007, precisaram ser totalmente refeitas para 2009", diz a coordenadora do Lepemc, Edeilza Brescansin.

O laboratório produz medicamentos a preço de custo, que são vendidos para órgãos de Saúde Pública para distribuição gratuita.

"Como não temos margem de lucro e a estrutura das grandes empresas fabricantes de medicamentos, o repasse do custo é inevitável", avalia.

O Lepemc fabricará um medicamento similar ao captopril, para a prevenção da hipertensão. Antes de definir qual produto seria fabricado, foi realizada uma pesquisa sobre o padrão de consumo dos maringaenses.