Sidebar

05
Sex, Jun

Servidores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) decidiram continuar em greve. A decisão foi tomada em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (17), no Restaurante Universitário (RU).

Eles não aceitaram a proposta do governo de reajuste de 5,08% de forma parcelada. A proposta prevê que a primeira parcela de reajuste será de 2%, com pagamento em janeiro de 2020. As outras duas são de 1,5%, com pagamentos em janeiro de 2021 e janeiro de 2022.

"Em assembleia repleta de servidores, eles rejeitaram a proposta do governo. (...)

Deliberaram, portanto, a manutenção da greve esperando que o governo melhore essa proposta", disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar), José MAria Marques.

"Infelizmente não temos previsão de quanto tempo (a assembleia contiuará). Na semana que vem faremos outra assembleia de avaliação para ver o andamento do movimento e aí pode se haja um fato novo, uma coisa diferentes. Mas por enquanto a greve se mantém", completou.

A UEM entrou em greve no dia 26 de junho.

Foto: Luís Cláudio/Sinteemar

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/uem-servidores-rejeitam-proposta-do-governo-e-vao-continuar-em-greve

 

Neste domingo (14), ocorre o primeiro dia de provas do Vestibular de Inverno da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Os candidatos vão fazer a prova de conhecimentos gerais, com 40 questões objetivas, além da Redação.

A prova será aplicada das 14 às 19 horas, mas os candidatos devem ficar atentos porque a entrada em sala será permitida só até 13h50.

Na segunda-feira (15), serão dez questões objetivas de Língua Portuguesa; cinco de Literaturas em Língua Portuguesa; cinco de Língua Estrangeira; e trinta de Conhecimentos Específicos, cujas disciplinas variam conforme o curso escolhido. 

Nos dois dias do concurso será exigida a apresentação de documento de identificação original impresso, com foto e em bom estado de conservação.

O Vestibular de Inverno teve 18.009 inscritos. O concurso será realizado em onze cidades paranaenses, incluindo Maringá que recebe o maior número de vestibulandos. São 10.158 candidatos que farão as provas na UEM, na Pontifícia Universidade Católica (PUC), no Centro Universitário Cesumar (Unicesumar), no Centro Universitário Cidade Verde (UNIFCV), na Faculdade Maringá e na Faculdade de Engenharias e Arquitetura (Feitep).

Foto: Divulgação/ UEM

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/1o-dia-do-vestibular-de-inverno-tem-prova-de-conhecimentos-gerais

A partir das 20h desta sexta-feira (12) estará proibida a venda de bebidas alcoólicas no entorno da Universidade Estadual de Maringá (UEM). A medida ocorre em cumprimento a lei municipal 8.054/08, que prevê a proibição durante a realização de vestibulares.

As provas do Vestibular de Inverno serão realizadas somente no domingo (14) e na segunda-feira (15), diferente do que ocorria nos concursos anteriores, quando eram realizadas em três dias, se estendendo até terça-feira.

A proibição de venda de bebidas alcoólicas segue até as 20h de segunda (15) no quadrilátero compreendido entre a Avenida Colombo, Rua Vitória, Avenida Morangueira e Rua Quintino Bocaiúva.

Conforme a Lei Seca, donos de bares, lanchonetes e restaurantes que forem agrados descumprindo a lei podem ser multados em R$ 5 mil e os vendedores ambulantes em R$ 500.

Em caso de agrante do comércio de bebidas alcoólicas, a mercadoria será apreendida e os consumidores em vias públicas terão o produto apreendido e descartado.

Policiamento

Para garantir a segurança aos estudantes que vão prestar o concurso, a Polícia Militar com apoio da Guarda Municipal e de agentes da Secretária de Mobilidade Urbana (Semob) irão intensificar o patrulhamento nos locais onde as provas serão realizadas.

Vestibular

As provas serão aplicadas das 14 às 19 horas. No domingo será aplicada a prova de Conhecimentos Gerais com 40 questões objetivas, além da Redação. Na segunda-feira, serão dez questões objetivas de Língua Portuguesa; cinco de Literaturas em Língua Portuguesa; cinco de Língua Estrangeira; e trinta de Conhecimentos Específicos, cujas disciplinas variam conforme o curso escolhido.

Com 18.009 inscritos, o concurso será realizado em onze cidades paranaenses, incluindo Maringá que recebe o maior número de vestibulandos. São 10.158 candidatos que farão as provas na UEM, na Pontifícia Universidade Católica (PUC), no Centro Universitário Cesumar (Unicesumar), no Centro Universitário Cidade Verde (UNIFCV), na Faculdade Maringá e na Faculdade de Engenharias e Arquitetura (Feitep).

O concurso oferece 1.494 vagas em cerca de 70 cursos de graduação, sendo que 20% das vagas são reservadas para o sistema de cotas sociais, que benecia estudantes de baixa renda.

*Atualização: A Lei Seca começa a valer a partir desta sexta-feira e não no sábado como havia informado a PM anteriormente e estava publicado nesta reportagem.

"Relacionado ao reforço do patrulhamento devido ao vestibular a Operação por parte da Polícia Militar começa amanhã dia 13, mas a partir de hoje dia 12 já está valendo a Lei Seca, sendo que qualquer viatura que estiver patrulhando as imediações da UEM poderá dar cumprimento a referida Lei", diz a nota da PM.

Foto: Arquivo/PMM

https://www.gmconline.com.br/noticias/cidade/lei-seca-do-vestibular-da-uem-comeca-a-valer-no-sabado

A Prefeitura de Maringá, por meio da Gerência da Juventude, promove no próximo sábado (13), das 14 às 18 horas, no Colégio Anglo Drummond (rua Basílio Sautchuk, 356), o ′Aulão Preparatório′ para o vestibular da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

As inscrições são gratuitas e limitadas. Os interessados devem enviar nome completo, CPF, RG, data de nascimento e telefone para contato no e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. É necessário a entrega, no dia da aula, de 1kg de alimento não perecível.

Serão abordados temas das matérias de história, física, matemática, literatura, química e arte.

“Realizamos o aulão para colaborar com a preparação dos alunos, principalmente daqueles que não puderam fazer um cursinho. Essa é a oportunidade de irem mais preparados e confiantes para a prova”, explica o gerente, da Gerência da Juventude, Adriano Bacura. Os alimentos arrecadados serão repassados ao Provopar.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Maringá
https://gmconline.com.br/noticias/cidade/aulao-preparatorio-para-vestibular-sera-no-sabado-em-maringa

Reuniões estão sendo realizadas, desde a tarde desta terça-feira (2), para decidir quais serviços do Hospital Universitário (HU) de Maringá serão paralisados. A medida ocorre em apoio à greve deflagrada pelos servidores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) na semana passada.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar), José Maria de Oliveira Marques, a discussão é para definir as atividades que podem ser paralisadas, sem prejudicar a população.

“É claro que nós temos responsabilidade, nós não vamos criar dificuldades, mas alguns serviços podem ser [paralisados]”, diz.

Na manhã desta quarta-feira (3), a superintendente do HU, Elisabete Mitiko Kobayashi, convocou os servidores do hospital para nova reunião junto ao comando de greve. O encontro estava marcado para às 11h.

Foto: GMC Online
https://gmconline.com.br/noticias/cidade/servidores-decidem-quais-atividades-serao-paralisadas-no-hu

Mais Artigos...