Sidebar

21
Seg, Set

O Colégio de Aplicação Pedagógica da Universidade Estadual de Maringá suspendeu as aulas a partir da tarde desta terça-feira, 17. A medida foi tomada porque uma aluna do terceiro ano do ensino médio apresentou sintomas do coronavírus. Segundo a direção do CAP, a estudante e a família dela teriam tido contato com pessoas com suspeita da doença em Londrina há alguns dias.

O Governo do Paraná decretou suspensão das aulas a partir de sexta-feira, 20. Mas, no CAP, os alunos já faltaram nesta terça. Pela manhã, teve aula normal. Durante a tarde, houve a suspensão porque o colégio foi informado do caso da menina com suspeita, explicou um dos diretores do CAP, Sérgio Alvarez.

"Nós tivemos a informação no começo da manhã e procuramos saber o que estava acontecendo.

Conseguimos falar com a família por volta das 10h da manhã, e ela confirmou a situação. A aluna apresentou os sintomas após participar de um evento em Londrina. Ela foi hospitalizada ontem, por volta das 13h e ficou em isolamento, para cumprir os protocolos", declarou.

Existe a suspeita de teste positivo, mas é necessário aguardar que o Governo do Paraná divulgue os dados oficiais. O CAP também suspendeu as aulas para toda esta semana.

Foto: Ilustrativa/Assessoria/UEM
https://gmconline.com.br/noticias/cidade/cap-da-uem-suspende-aulas-por-causa-do-coronavirus

De acordo com a Polícia Militar de Umuarama, os ladrões exigiram as chaves dos veículos do Hospital. Foto: Divulgação/UEM

Bandidos fortemente armados e encapuzados invadiram o Hospital Veterinário da Universidade Estadual de Maringá (UEM), em Umuarama, na madrugada desta quinta-feira, 20. Os criminosos amarraram dois vigilantes que estavam de plantão, furtaram alguns objetos e fugiram em seguida.

De acordo com a Polícia Militar de Umuarama, os ladrões exigiram as chaves dos veículos do Hospital, mas desistiram de levar os carros quando perceberam que alguns estudantes estavam chegando no hospital.

Os dois funcionários foram soltos pelos estudantes. A Polícia Militar fez buscas na região, mas até o momento, ninguém foi preso. A polícia não revelou o que os criminosos levaram.

https://gmconline.com.br/noticias/policial/bandidos-invadem-hospital-veterinario-da-uem-e-amarram-funcionarios

Os profissionais da área da saúde da Universidade Estadual de Maringá pararam motociclistas na Avenida Brasil, no centro da cidade, com uma orientação bem clara: não pilote embriagado e use o capacete de forma correta, com a viseira abaixada e a fivela bem presa ao pescoço.

Parece redundante, afinal tanto se fala dos perigos para quem anda de moto. Mas desta vez não é para reforçar que os motociclistas são os que mais morrem no trânsito. É para alertar sobre uma sequela dos acidentes, muito comum, mas sobre a qual pouco se fala; o trauma de face.

No caso dos acidentes com moto, a vítima geralmente apresenta o caso mais grave de trauma de face, com fratura.

Mais de um quarto dos pacientes atendidos pela equipe da UEM de cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial são vítimas de acidentes de trânsito e estavam em motocicletas.

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/motociclistas-recebem-orientacao-sobre-os-riscos-de-fraturas-em-face

O Cursinho da Universidade Estadual de Maringá (UEM) está com pré inscrições abertas, até 9 de fevereiro, para o semiextensivo preparatório para o Vestibular de Inverno. A primeira chamada dos selecionados será divulgada no site do Cursinho no dia 10 de fevereiro.

As aulas terão início no dia 11 de março e duração de quatro meses. Serão entre 19h e 23h, de segunda a sexta-feira, e ocorrerão no Bloco 33 do câmpus sede da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Poderá haver aulas aos sábados, domingos e feriados.

Custos do cursinho

Servidor da UEM (ou dependente): R$ 384 ou quatro parcelas de R$ 96.

Cotistas e ex-alunos da UEM: R$ 440 ou quatro parcelas de R$ 110.

Comunidade externa: R$ 524 ou quatro parcelas de R$ 131.

Taxa de matrícula para todos: R$ 70

Foto: Divulgação/UEM

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/cursinho-uem-esta-com-pre-inscricoes-abertas-para-semiextensivo

Na semana que vem, o Instituto de Línguas (ILG) da Universidade Estadual de Maringá (UEM), por meio do projeto “Cursos de Idiomas para Públicos Específicos” (Cipe), vai abrir inscrições para estudantes iniciantes em inglês (crianças a partir de 7 anos, adolescentes e adultos), alemão (adultos) e francês (adolescentes e adultos).

A partir de segunda-feira, 27, acesse a página inicial do ILG e leia o edital 04-2020 ILG/PEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura). Nele você encontrará informações sobre como fazer gratuitamente sua inscrição, que será somente por e-mail de terça, 28, a quinta, 30.

Como as vagas serão limitadas, os primeiros a preencher e enviar corretamente a ficha de inscrição terão prioridade.

Os que posteriormente forem selecionados para matricular-se nos cursos de idiomas serão convocados por meio de edital, a ser disponibilizado no site do ILG em 31 de janeiro. O candidato que não efetuar sua matricula, no período a ser informado, perderá o direito à vaga do curso pleiteado na inscrição.

Para os três idiomas, as aulas do semestre iniciarão em 9 de março e irão até o começo do mês de julho. Saiba mais sobre os cursos oferecidos para cada faixa etária:

Inglês para crianças de 7 a 10 anos

Semestralidade: R$ 500 para lho de servidor da UEM; R$ 580 para demais alunos.

Serão três aulas por semana, de manhã ou à tarde.

Inglês e francês para adolescentes a partir de 11 anos

Semestralidade: R$ 580 para lho de servidor da UEM; R$ 650 para demais alunos.

Serão quatro aulas por semana, de manhã ou à tarde.

Inglês, alemão e francês para adultos

Semestralidade: R$ 580 para lho de servidor da UEM; R$ 650 para demais alunos.

Serão quatro aulas por semana, à noite ou aos sábados pela manhã.

Foto: Divulgação/UEM

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/instituto-da-uem-abrira-vagas-para-cursos-de-ingles-frances-e-alemao

Mais Artigos...