GMC Online
Tools

Os profissionais da área da saúde da Universidade Estadual de Maringá pararam motociclistas na Avenida Brasil, no centro da cidade, com uma orientação bem clara: não pilote embriagado e use o capacete de forma correta, com a viseira abaixada e a fivela bem presa ao pescoço.

Parece redundante, afinal tanto se fala dos perigos para quem anda de moto. Mas desta vez não é para reforçar que os motociclistas são os que mais morrem no trânsito. É para alertar sobre uma sequela dos acidentes, muito comum, mas sobre a qual pouco se fala; o trauma de face.

No caso dos acidentes com moto, a vítima geralmente apresenta o caso mais grave de trauma de face, com fratura.

Mais de um quarto dos pacientes atendidos pela equipe da UEM de cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial são vítimas de acidentes de trânsito e estavam em motocicletas.

https://gmconline.com.br/noticias/cidade/motociclistas-recebem-orientacao-sobre-os-riscos-de-fraturas-em-face