Tools

Em experiência inédita, um membro de uma banca de dissertação de mestrado esteve fisicamente distante e virtualmente presente em tempo real por meio do robô de telepresença R1T1, desenvolvido por um engenheiro de produção graduado pela UEM.


O trabalho Autonomia em EAD: princípios e contradições, apresentado no dia 11 deste mês pela mestranda Talita Tardivo Rainha, no auditório do Núcleo de Educação a Distância (Nead), e acompanhado pela professora Gláucia da Silva Brito, suplente da banca, em Curitiba. Gláucia é professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, da Universidade Federal do Paraná.
O estudo foi orientado pela professora Maria Luisa Furlan Costa, do Departamento de Fundamentos da Educação (DFE) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE). Integraram a banca os professores Valdeni Soliani Franco, do Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática (PCM), e Sônia Cristina Soares Dias Vermelho, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Promoção da Saúde, da Unicesumar.
De acordo com Maria Luísa, a utilização do robô R1T1na transmissão da banca foi  muito bem sucedida. “Estamos experimentando algumas possibilidades do robô na educação, especialmente na modalidade a distância.
Antonio Henrique Dianin, da Project Robot, empresa que desenvolveu o R1T1 e detém a patente do equipamento, desconhece a utilização de um robô em atividade semelhante em outras universidades. “No Japão, o uso de robôs no ensino é dentro da sala de aula e, nos Estados Unidos, a aplicação mais usual é na área da saúde”, comentou. Segundo ele, estes são os países que mais utilizam robôs de telepresença. No caso do Brasil, o engenheiro acredita que a UEM é a primeira universidade a possibilitar a presença virtual de um integrante em uma banca de pós-graduação por meio de um robô, uma vez que o R1T1 é o primeiro em escala comercial desenvolvido e produzido no País.
O R1T1 chegou à UEM em meados de abril deste ano, quando foi integrado à rotina do Hospital Universitário. 

PROGRAMAS E LIVES DA SEMANA