Tools

A Associação de Karatê-Dô Corpo & Alma-AKCA, por meio da Coordenadoria de Desportos e Recreação, promoveu, no dia 1º, o III Festival de Karatê-Dô Tradicional UEM/Ceaf/Akca – Copa Sensei Norio Haritani.

O servidor Marcelo Alessandro Pereira (CDR), presidente da AKCA, explicou que a competição levou esse nome em homenagem ao Shihan e monge Norio Haritani, um dos professores de karatê mais importantes da região Norte do Paraná. Sensei Haritani, nascido em 1945, no Japão, foi um dos introdutores do Karatê no Sul do Brasil.      
Ao todo, 156 alunos foram inscritos para a competição nas modalidades de Kata e Kumite. Foram 22 categorias, subdivididas por graduação e idade, tendo o atleta mais novo seis anos de idade e o mais velho 50 anos. A competição foi destinada aos alunos de faixas branca a laranja para kata e vermelha e laranja para kumitê. A disputa contou com a arbitragem dos alunos da própria AKCA, servindo de treinamento para os alunos com graduação de faixas verde, roxa, marrom e preta. Teve como coordenador de arbitragem o responsável pelo projeto de Karatê da UEM, Marcelo Alessandro Pereira (CDR), que é árbitro da Confederação Brasileira de Karatê-Dô Tradicional.
O projeto de Karatê Tradicional da UEM teve 21 atletas classificados para o XXV Campeonato Brasileiro de Karatê-Dô Tradicional que ocorrerá em Porto Alegre de 19 a 22 deste mês. Os alunos da AKCA vão representar a UEM e o Estado do Paraná na competição. Outras informações sobre o projeto na CDR, ramal 4314 ou site www.def.uem.br/cdr.

PROGRAMAS E LIVES DA SEMANA