conceito-da-medicina-alternativa-do-eco-da-homeopatia-comprimidos-classicos-da-homeopatia-thuja-eucalipto-oleo-essencial-da-alfazema-e-do-aroma-e-ervas-curas-e-na-parede-branca-flatlay-vista-do-topo-copyspace_113966-464.jpg

Live vai abordar tratamentos medicinais milenares como a acupuntura, florais, homeopatia, astrologia, entre outros

O Departamento de Pedagogia (DPD) da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Câmpus Regional de Cianorte (CRC), realiza nessa sexta-feira (5), por meio do Laboratório de Educação e Complexidade, a roda de conversa ‘Ciências e Formas de Conhecimento: perspectivas de Piaget e Feyerabend’ ministrada por Luzia Marta Bellini, professora aposentada do Departamento de Fundamentos da Educação (UEM), Doutora em Psicologia Social e atuante em projetos de Pesquisa nas áreas de Epistemologia Genética e Retórica aplicada à educação.

A live vai tratar das definições de ciências e de outras formas de conhecimento que não têm o status de ciências, mas são culturalmente importantes nas sociedades.

“As ciências, no plural, porque trabalho na perspectiva da epistemologia de Jean Piaget para o qual cada disciplina (biologia, matemática, física, sociologia etc), têm o seu objeto de estudo e, por conseguinte, um método diferenciado. Por exemplo, a biologia necessita sempre da experimentação, do trabalho de indução. A física, da dedução. Mas todas estão no campo que chamamos de reificação, ou seja, da construção de métodos científicos” explica Bellini.

Ainda segundo Bellini, as formas de sabedoria são conhecimentos cuja origem remonta culturas ou estudos que não são determinados por métodos científicos. “Nesse caso, temos a acupuntura, conhecimento milenar, temos os estudos sobre florais, homeopatia, e mesmo a astrologia. Para este difícil debate, busco a perspectiva do físico Feyrabend para o qual a distinção entre ciências e formas de conhecimento não nos ajudam na democracia” completa.

Os interessados em assistir a live podem fazer suas inscrições pelo Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.