imagem maringá

Objetivo é identificar as pesquisas atuais e futuras da UEM e Unespar no setor

Como a Universidade Estadual de Maringá, com o suporte da Universidade Estadual do Paraná, pode contribuir para consolidar o setor de turismo do município e da região a partir dos projetos desenvolvidos nas áreas de pesquisa e de extensão? 

A resposta para este questionamento será debatida, na quinta-feira (28), às 14 horas, numa reunião remota entre representantes da UEM na Câmara Técnica de Turismo do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), pesquisadores da UEM e da Unespar, membros da Diretoria de Turismo da cidade, incluindo o presidente do órgão, Luiz Fernando Neves, além de representantes de setores e entidades convidados por ele, como a Rede de Turismo Regional (Retur) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entre outros.

O encontro foi solicitado em dezembro de 2019 pelo diretor, havia sido agendado para abril, presencialmente, mas, devido à pandemia do novo Coronavírus acabou sendo adiado para agora, a distância, com o objetivo de tentar alinhar os trabalhos científicos com as demandas apresentadas pela Diretoria de Turismo e entidades do setor.

A UEM é representada na Câmara Técnica de Turismo do Codem pelo assessor de Comunicação Social, Elias Gomes de Paula; pela assessora especial de Cooperação Internacional, professora Sandra Schiavi; e pela assessora especial de Cerimonial e Protocolo, Gisele Moraes e Silva.

Sandra diz que a pesquisa sobre o setor muitas vezes envolve um trabalho na perspectiva interdisciplinar. Em janeiro, ela fez uma consulta a todos os docentes para identificar as atividades voltadas ao turismo. A professora esclarece que a pesquisa no segmento pode mobilizar desde professores da área de humanas, como os dos cursos de Geografia e História, passando pelas ciências sociais aplicadas, a exemplo dos cursos de Administração e Economia, até cursos da área de engenharias e tecnológicas de informação e comunicação, e de ciências agrárias, tendo em vista a atuação do turismo rural na região.

IMG 20200521 WA0000

Por e-mail, os professores foram novamente convidados agora. Ainda de acordo com Sandra, também foram contatados docentes da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), especificamente dos cursos de Turismo nos câmpus de Apucarana e Campo Mourão. 

Coordenadores dos cursos de graduação nos dois câmpus foram comunicados pela UEM no início do ano no intuito de que pudessem demonstrar interesse e possibilidade de participarem da reunião. 

Embora a organização do evento tenha partido da Prefeitura, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico, a qual a Diretoria de Turismo está subordinada, Sandra explica que a finalidade do encontro, de proporcionar a integração entre as partes com relação ao setor turístico, se alinha com os trabalhos desenvolvidos na câmara técnica.

A cidade de Maringá tem forte vocação para o turismo de negócios e eventos. Além da hotelaria, demais segmentos são impactados com a aplicação dos vestibulares de Inverno e Verão e especialmente do PAS (Processo de Avaliação Seriada) da UEM, com reflexos positivos para bares, restaurantes, shoppings e o transporte. 

Existem no Paraná 14 regiões turísticas, entre as quais a chamada Região Corredores das Águas, no Noroeste do Estado, onde o município de Maringá se localiza, de acordo com a Retur.

Informações adicionais sobre a reunião de quinta-feira pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  

Foto: Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Maringá