Tools

Sorrir com saúde

Ligado ao Departamento de Odontologia da UEM, projeto ensina hábitos saudáveis para a saúde bucal

O Projeto Sorrir com Saúde, do Departamento de Odontologia (DOD) da Universidade Estadual de Maringá (UEM), realizou o 3º Concurso Cultural nas modalidades "desenho" e "pergunta e resposta" nos locais de atuação do Projeto.

O objetivo do concurso foi enfatizar a importância de obter e manter hábitos saudáveis desde a infância, mostrando aos alunos o impacto que a saúde bucal exerce no nosso dia a dia, influenciando diretamente na qualidade de vida das pessoas e das famílias.

O concurso envolveu os alunos do 1°, 2° e 3° e 5º anos no período vespertino da Escola Darci Pereira Mochi, em Sarandi, alunos das turmas Infantil V, 1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos do período matutino da Escola Pedro Françozo, em Paiçandu, e as famílias de Sarandi que frequentam o Centro Espírita Maria Dolores.

Os alunos das turmas Infantil até o 2° ano participaram do concurso de desenho e os alunos do 3° ao 5° ano fizeram o concurso de pergunta e resposta. No Serviço de Fortalecimento de Vínculos (Pro Arte) em Marialva, foi desenvolvido o concurso de desenho com as crianças de 6 a 14 anos, dos períodos matutino e vespertino.

No Centro Espírita Maria Dolores, em Sarandi, ocorreu o concurso de desenho com as crianças e seus familiares. Todas as crianças premiadas receberam um certificado, um kit de higiene bucal para a família e um brinquedo pedagógico.

O projeto é coordenado pela professora Mitsue Fujimaki, do curso de Odontologia e do Programa de Pós-Graduação em Odontologia Integrada, da UEM, que tem atividades na Clínica Odontológica, parte do Complexo de Saúde da Universidade, com a participação das residentes de Saúde Coletiva e da Família da UEM, Frida Ariadni Budach, Gabriela dos Santos Ribeiro Rocha, Márcia Cristina da Silva e Thais Akemi Sako, além das integrantes do Programa Universidade Sem Fronteiras, Anne Cristina Moreira Dal Prá, Lorena Borean Borghi e Sabrina Noguti Silva.

 Crianças premiadas

 Em Marialva, a premiação e finalização das atividades do Projeto ocorreram no dia 17 de setembro, juntamente com a entrega de kits de higiene bucal. As crianças premiadas do período matutino foram Anna Carolina, em 3° lugar; Emily Cristina Barros, em 2° lugar; e Ana Clara Benedito, em 1° lugar. No período vespertino, Ana Beatriz Figueiredo, em 3° lugar; Paulina Vitória Pereira Rocha, em 2° lugar; e Pedro Henrique Robes, em 1° lugar.

No Centro Espírita Maria Dolores, em Sarandi, no dia 21 de setembro, foi aplicado o concurso de desenho, com as crianças e suas respectivas famílias, concomitantemente ao atendimento odontológico das crianças pelas dentistas do Projeto Sorrir com Saúde.

Também ocorreu a apresentação de um teatro de fantoches pelo Projeto Pequenos Gestos Grandes Sorrisos, da UEM. As crianças premiadas foram Isabela Fernanda Santos Grandini Silveira, Kaio Gabriel Oliveira Martins e Thaís Cristina da Silva. Foram entregues kits de higiene bucal para todas as crianças e seus familiares.

No dia 24 de setembro, houve o fechamento das atividades do Projeto na Escola Municipal Darci Pereira Mochi, em Sarandi, e, na mesma data, teve a apresentação de um teatro de fantoches pela equipe de saúde bucal de Sarandi, além da premiação do concurso e distribuição de kits de higiene bucal. Na modalidade desenho, os alunos premiados foram Yasmin Gabrielly (3º lugar), Gabriel Magri (2º lugar), e José da Silva Santos (1º lugar).

Na modalidade pergunta e resposta, foram premiadas, em terceiro lugar, Pedro Henrique Carnio Nunes, com a pergunta e resposta: “Por quê precisamos da ajuda de um adulto? A ajuda de um adulto é muito importante pois tem partes que não conseguimos limpar sozinhos, e lá atrás dos nossos dentes tem alguns restos de comida”. Em segundo lugar, Ester Araújo Pereira, com a pergunta e resposta: “Nessa história do Rick e Juninho, quem foi o certo, e por quê? Quem foi o certo foi o Juninho, pois sua mãe ensinava o Rick mas ele não queria escovar os dentes pois achava que era bobagem, então ele teve que usar dentadura pelo resto de sua vida.” E em 1° lugar, ficou Kathllen Michely Andrade, com a pergunta e resposta: “Por que é importante escovar os dentes? O que você precisa fazer para escovar os dentes? É importante escovar os dentes para ter saúde, usar fio dental para não ter cárie, precisa escovar os dentes quando acorda, depois do almoço e jantar, para seus dentes não ficarem amarelados e ter dentes limpos, e não comer muito doce e refrigerante.”

No dia 25 de setembro, foi entregue a premiação aos alunos da Escola Municipal Pedro Françozo, em Paiçandu. Estiveram presentes os funcionários da Escola, a secretária de Educação municipal, Eliane Yakestest, uma dentista da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Paiçandu e uma representante da Secretaria de Saúde. Além da premiação, foram distribuídos kits de higiene bucal fornecidos pela Prefeitura do Município.

Na modalidade desenho, foi premiado em 3º lugar Arthur Olivo de Lima, em 2° lugar Elifelete Teodoro dos Santos e, em 1° lugar, Emily Silvestre da Silva. Na modalidade pergunta e resposta, foi premiada em 3° lugar Erick Cauã Souza Gomes, com a pergunta e resposta: “Com quem você aprendeu sobre o fio dental? Eu aprendi sobre o fio dental no Projeto Sorrir com Saúde da UEM, todas as quartas feiras no período da manhã, porque é necessário o uso do fio dental adequado e evitar as cáries e as bactérias e ter um sorriso mais saudável.”

Em 2° lugar, ficou Kauanny Siqueira Santos, com a pergunta e resposta: “Qual a importância do fio dental, para termos saúde bucal? Além da escovação várias vezes ao dia, é necessário o uso do fio dental para tirar os resíduos de alimentos onde só com a escova não se consegue chegar a uma boa higienização bucal.” A primeira colocação foi de Erick Henrique dos Santos Lima, com a pergunta e resposta: “Qual a importância do fio dental para conservar a saúde bucal? Na maioria das vezes a boa escovação não basta, as escovas de dente não têm acesso ao dente todo para limpar as sujeiras, o fio dental é essencial para limpar as sujeiras pequenas”

As atividades desenvolvidas nestas datas marcam o encerramento, em 2019, da atuação das integrantes do Projeto Universidade sem Fronteiras, da Superintendência de Ciência, Tecnologia e  Ensino Superior (Seti), ligado ao Projeto Sorrir com Saúde. Essas atividades são de extrema importância, porque ressaltam a implementação de hábitos saudáveis pelas crianças por toda a família na rotina diária, estimulam a criatividade, enfatizam a valorização dos atendimentos odontológicos feitos pelo Projeto e despertam a responsabilidade em cada um de cuidar da saúde bucal.