Tools

COMUNICADO

Com relação a denúncia de corte irregular de árvores dentro do câmpus, a Universidade Estadual de Maringá (UEM) esclarece que o caso já está sendo investigado.

Os cortes teriam ocorrido sem o consentimento da Prefeitura do Câmpus (PCU), órgão responsável por esse tipo de serviço.

De praxe, a UEM não realiza e nem autoriza derrubada, poda ou corte de árvores sem o atendimento de critérios técnicos e respeitando o que a legislação ambiental determina. A derrubada, corte ou poda realizada de forma irregular, quando ocorrer, são apurados pelo Parque Ecológico, ligado a PCU, e o responsável pela ação é notificado estando sujeito às penalidades previstas pela Lei de Crimes Ambientais (nº 9.605/98).

Reforçamos que todo pedido de retirada, plantio ou poda deve ser encaminhado ao PQE que avalia a demanda e toma as providências cabíveis. E que a UEM, por meio do seu Comitê Gestor Ambiental, mantém um canal permanente para informações, dúvidas e denúncias, que podem ser feitas pelo telefone 44 3011-5425.