palestras cerebro e mente

Evento vai durar três dias; inscrições serão aceitas até momentos antes da primeira palestra

Com a presença de palestrantes de várias universidades do Paraná e de São Paulo, começa, na próxima segunda-feira (7), na Universidade Estadual de Maringá (UEM), a 7ª edição do Ciclo de palestras cérebro e mente: a educação transforma".

O evento será realizado no auditório do PDE, bloco B-33, câmpus universitário, sempre a partir das 19 horas, e prosseguirá nos dias 8 e 9 de maio, tendo conferências de profissionais de diversas áreas, entre eles pedagogo, psicólogo, fisioterapeuta, biólogo e psiquiatra.

Os palestrantes serão professores e pesquisadores da UEM, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Instituto Adventista Paranaense (IAP) e do Centro Universitário de Maringá (Unicesumar).

Qualquer pessoa interessada, da comunidade em geral, pode comparecer ao evento, mediante inscrição por meio do link. A taxa é de R$ 20,00 por uma noite ou de R$ 50,00 pelas três noites de palestras, com emissão de certificado. 

As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até a data de início do evento, 7 de maio. O ciclo de palestras cérebro e mente tem o objetivo de divulgar os dois projetos de neurociência, um em nível de pesquisa e outro de extensão, desenvolvidos pelo Mudi, além de pôr a comunidade em contato com as os trabalhos feitos nesta área do conhecimento.

O tema escolhido para a sétima edição do evento segue a temática definida para 2018 da Semana Nacional do Cérebro, ocorrida em março último, sob a organização da Sociedade Brasileira de Neurociência, sediada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Mudi

Tendo na coordenação Ana Paula Vidotti (também coordenadora do Ciclo de Palestras), o Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM  surgiu do amadurecimento do projeto de extensão "Centro Interdisciplinar de Ciências"/CIC, desenvolvido na UEM desde 1985. A principal diretriz do CIC era promover a integração da universidade com os ensinos fundamental e médio e comunidade em geral. 

Os projetos de extensão ligados ao Mudi colaboram para formar profissionais comprometidos com as questões sociais, uma vez que os monitores e professores do museu estão empenhados em encurtar o caminho a ser percorrido entre a produção do conhecimento e a sua popularização. Um grande trabalho de educação informal  e não formal é desenvolvido com atendimento por meio de visitas, palestras, cursos, programa de rádio, espetáculos teatrais, musicais e eventos realizados na Universidade ou em outros locais como parte das ações itinerantes do Mudi.

O ciclo de palestras tem o apoio do Departamento de Ciências Morfofisiológicas (DCM). Outras informações no site, e-mail "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo." ou telefone (44) 3011-4965.