Tools

ampola feita das engrenagens 23 2147505750

A data foi estabelecida para promover a importância do papel dos direitos e do impacto que a proteção tem na vida diária da população

Hoje (26) comemora-se o Dia Mundial da Propriedade Intelectual. A data foi estabelecida no ano 2000 para promover a importância do papel dos direitos de propriedade intelectual (PI) e do impacto que a proteção tem na vida diária da população. Em 2018, o tema é “O motor da transformação: as mulheres, a inovação e a criatividade”.

Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) é o responsável pela gestão da Política de Inovação e Propriedade Intelectual, que é relacionada a patentes, direitos de autor, desenho industrial, marcas e entre outros. Estão em tramitação no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) 106 processos de patente da UEM e em mais de 70% deles há a presença das mulheres no desenvolvimento da tecnologia objeto do pedido de proteção.

“Na UEM temos muitas pesquisadoras coordenando e participando de projetos nas diversas áreas do conhecimento. Além da expressiva contribuição científica, também são passíveis de obtenção de processos e produtos patenteáveis”, destaca a professora e assessora do NIT, Graciette Matioli.

A Coordenadoria de Promoção e Relações Públicas (CPR) da UEM, ligada à Assessoria de Comunicação Social (ASC), produziu e disponibiliza on-line o Catálogo de Propriedade Intelectual em que constam todos os produtos com pedidos depositados, patentes concedidas e registros concedidos.

Sobre o NIT

Criado em 2008, o Núcleo de Inovação Tecnológica da UEM, ligado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG), tem a missão de gerir a política institucional de inovação e propriedade intelectual. O NIT busca fomentar a inserção da Universidade no processo de inovação nacional, colaborando para o desenvolvimento sustentável, a geração de riqueza e a melhoria da qualidade de vida da população, com base na inovação.

Além disso, promove a proteção do conhecimento gerado na UEM e viabiliza a interação da Universidade com o setor produtivo, para possibilitar a transferência de tecnologias, contribuindo de forma direta com o desenvolvimento tecnológico e social da região e do País.

Sobre a OMPI

A Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) foi criada em 1967, tem sede em Genebra, na Suíça, e é uma das 16 agências especializadas da Organização das Nações Unidas (ONU). Tem por propósito a promoção da proteção da propriedade intelectual ao redor do mundo por meio da cooperação entre Estados.

A academia da OMPI foi fundada em março de 1998 em resposta à demanda por conhecimentos e habilidades em formação, ensino e pesquisa. Oferece uma ampla e crescente gama de cursos gerais e especializados em todos os aspectos da PI e em gestão de PI.

Para saber mais sobre a OMPI, acesse www.wipo.int. Para acessar os cursos ofertados pela Academia da OMPI, acesse www.wipo.int/academy/pt/.