Tools

Porto Rico- MG 4340 copia

Estudos da UEM estão contribuindo para manter o ecossistema da planície de inundação do Alto Rio Paraná

 

A nova edição da revista Paraná Faz Ciência, publicada pela Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e pela Fundação Araucária, traz, entre outros textos, uma reportagem sobre como a Universidade Estadual de Maringá (UEM) vem contribuindo para preservar o ecossistema do último trecho livre de barragens do Rio Paraná.

Os estudos são financiados pelo Programa de Pesquisas Ecológicas de Longa Duração (Peld). Ocupando quatro páginas da revista, a reportagem fala dos avanços alcançados pelos pesquisadores ao utilizarem dinheiro do Peld para estudar a planície de inundação do alto rio Paraná.

As pesquisas têm trazido contribuições relevantes para o entendimento sobre o ecossistema da planície, trecho situado entre o reservatório de Porto Primavera e a foz do Rio Piquiri, com extensão de 230 quilômetros, chegando a atingir 20 quilômetros de largura.

Sob a coordenação do Núcleo de Pesquisas, Limnologia e Aquicultura (Nupélia), os estudos subsidiaram a implantação das três unidades de conservação existentes na região, apontaram os riscos que pairam sobre esse trecho livre da bacia, e identificaram as estratégias de conservação e formas de mitigação, além de outros resultados expressivos já obtidos.

Vale dizer que o Peld é uma ação do governo federal, sob os cuidados do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

 

Parceria

 

Chegando à quinta edição, a revista Paraná Faz Ciência é produzida em parceria com as universidades públicas paranaenses e institutos de pesquisa. A iniciativa busca divulgar, por meio de reportagens, as pesquisas realizadas por universidades públicas e privadas e por institutos de pesquisa do Paraná.

São onze reportagens das áreas de saúde, agricultura, tecnologia, inovação, meio ambiente, além de entrevista e artigo. Esta edição destaca ainda a importância da extensão e o intercâmbio dos conhecimentos produzidos na universidade com aqueles provenientes dos demais setores da sociedade.

Outras informações sobre a publicação, com tiragem de dois mil exemplares e distribuição gratuita, podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Acesse a revista por aqui

 

* Com informações da Assessoria de Imprensa da Seti