Tools

-site-0813

O curso é uma parceria entre a Universidade e o governo estadual; primeira turma tem 16 alunos, com professores da UEM, UEL e UEPG

 

Com a aula magna "Os desafios da Assistência Farmacêutica no Paraná”, ministrada pela diretora do Departamento de Assistência Farmacêutica da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), Deise Pontarolli, o Programa de Pós-graduação em Assistência Farmacêutica – Mestrado profissional (Profar), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), deu início às atividades do curso.

Graduada em Farmácia Industrial e Farmácia Bioquímica, Deise tem especialização em Gestão de Serviços e Sistemas de Saúde e Gestão da Assistência Farmacêutica do SUS. É servidora da Sesa desde 1984. Possui experiência na área de gestão, com ênfase em Farmácia, atuando principalmente na Assistência Farmacêutica.

O evento reuniu autoridades das secretarias estaduais de Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e de Saúde (Sesa), além de autoridades da própria Universidade. O mestrado profissional oferecido pelo Profar é recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e constituído por 16 professores, a maioria da UEM, e com a participação de professores das universidades estaduais de Londrina (UEL) e de Ponta Grossa (UEPG). A primeira turma de alunos é composta por farmacêuticos atuantes nas regionais de saúde do Estado, nas divisões de vigilância em saúde e do sistema penitenciário do Paraná. 

O Profar foi criado com a perspectiva de diminuir o distanciamento entre a formação dos profissionais e as necessidades atuais de saúde da população no que se refere aos problemas enfrentados tanto pelos órgãos formadores (políticas de educação) como pelos órgãos de prestação de serviços (políticas de saúde). 

O mestrado está constituído por disciplinas e atividades práticas, além da dissertação, que tem por objetivo aprofundar os conhecimentos em assistência farmacêutica, abrangendo todas as suas etapas, desde o planejamento até o acompanhamento da utilização dos medicamentos.

Além disso, o curso visa consolidar as bases farmacológicas da prática da atenção farmacêutica, permitindo o desenvolvimento de habilidades de comunicação e análise de informações para um melhor acompanhamento farmacoterapêutico. 

O Profar é uma parceria entre a Seti, a Sesa e a UEM, sendo o único curso do Brasil nesta modalidade, colocando a UEM e o Paraná em destaque no cenário da formação técnico-científica do Brasil. Outras informações sobre o mestrado profissional no link