Tools

2017-01-10 Ex aluno Diplomata Rafael Galera-IMG 3488-site

Recém-formado em Direito, Rafael Spirandeli Galera, começou a se preparar para o concurso desde o terceiro ano de graduação

Aos 22 anos de idade, Rafael Spirandeli Galera, é o mais novo diplomata brasileiro. Galera formou-se em Direito pela Universidade Estadual de Maringá, tendo colado grau em novembro do ano passado, em formatura antecipada. No dia 20 de dezembro, ele tomou posse junto os outros novos diplomatas da turma 2016.

Para ingressar na carreira de diplomata, o ex-aluno da UEM prestou um concurso público de âmbito nacional, organizado pelo Instituto Rio Branco, em parceria com o Cespe/Cebraspe, vinculado à Universidade de Brasília. O concurso é considerado o mais difícil do país, especialmente pela quantidade de disciplinas técnicas que precisam ser dominadas (Economia, Política Internacional, Direito Internacional, História das Relações Internacionais, História do Brasil e Geografia) e da diversidade de línguas (Inglês, Francês e Espanhol, além do domínio do Português).

O processo de preparação é duro e costuma levar vários anos de estudo. Galera conta que começou a se preparar a partir do terceiro ano de Direito. Foram três anos de dedicação intensa para o concurso. “Reservava, no mínimo, seis horas diárias para estudo, inclusive nos finais de semana. Isso sem contar o tempo dedicado à graduação”, explica.

O ex-aluno da UEM vai atuar no Ministério das Relações Exteriores do Brasil, também conhecido como Itamaraty, que é o órgão do Poder Executivo responsável pelo assessoramento do Presidente da República na formulação, no desempenho e no acompanhamento das relações do Brasil com outros países e com organismos internacionais.

O Itamaraty conta com embaixadas e consulados em países estrangeiros e com representações em organismos internacionais, como a ONU e a Organização Mundial do Comércio.

2017-01-10 Ex aluno Diplomata Rafael Galera-30928695374 7241fcf281 o