Tools

O Departamento de Zootecnia, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), receberá cerca de R$ 1,8 milhões, do governo estadual, para a implantação de um Centro Messoregional de Excelência em Tecnologia de Leite. A iniciativa faz parte de um projeto desenvolvido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti). Conforme o projeto, todas as universidades estaduais e o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) também receberão recursos para implementar centros regionais.

No caso da UEM, a obra será realizada pelo DZO/ Núcleo de Produção de Leite (Nupel), em nível de região noroeste. Os professores Ulysses Cecato e Geraldo Tadeu dos Santos serão os coordenadores do centro, com o apoio do Departamento de Zootecnia e do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.

Ao todo, serão aplicados, no projeto estadual, em torno de R$ 12 milhões, dos quais R$ 8 milhões oriundos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep)/CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e R$ 4 milhões do Fundo Paraná/Seti.

A primeira parcela para a UEM, de cerca de R$ 700 mil, do total de R$ 1,8 milhões, já foi repassada. O centro na UEM será implementado na Fazenda Experimental, em Iguatemi, e terá em torno de 600 m2  de construções, abrigando laboratórios, salas de conferências, entre outras instalações.

O dinheiro também será aplicado na compra de uma fábrica de ração, aquisição de importantes equipamentos para estudos do leite, material de consumo e veículos. O DZO já iniciou a compra de alguns produtos. A previsão é que a construção, na FEI, seja iniciada até o fim do ano.